Ágora estima lucro menor e corta projeção para ação do banco Sofisa

Analista alerta que o volume nos empréstimos para empresas de pequeno e médio portes está se caindo

São Paulo – A Ágora, corretora do Bradesco, reduziu suas estimativas para o desempenho do banco Sofisa (SFSA4). O preço-alvo das ações preferenciais para o final de 2012 caiu de 4,20 para 3,60 reais, o que representa um potencial de valorização de 13%. A recomendação classificada em “manter” foi reiterada.

A diminuição das expectativas em relação ao crescimento dos empréstimos e o impacto da queda na taxa Selic são os principais fatores que justificam a cautela. O relatório projeta que a taxa básica de juro deva atingir os 7,5% ao ano no final de 2011, hoje em 8,5% ao ano. Já os empréstimos devem encolher 3,2% na comparação com 2011, estima a corretora.

“O volume nos empréstimos para empresas de pequeno e médio portes vem se deteriorando nos últimos trimestres, resultados de uma postura mais conservadora do banco”, lembra o analista Aloisio Lemos.

A projeção para o lucro líquido caiu de 72 milhões de reais para 61 milhões de reais em 2012. O banco encerrou o ano passado com um lucro líquido acumulado de 27,2 milhões de reais, uma redução de 64,3% em relação aos 76 milhões registrados em 2010.

As ações preferenciais do Sofisa registram uma queda de 16% neste ano. A desvalorização é superior à queda apurada pelo índice que mede o desempenho do setor financeiro na bolsa brasileira, o IFNC, que perde 4% desde janeiro.