Ações europeias têm leve alta; PMI ofusca comentários do Fed

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 avança 0,13%, aos 1.097 pontos

Londres – As ações europeias tinham leve alta nesta quinta-feira, à medida que o empurrão inicial dado pelos comentários de estímulo do Federal Reserve, o banco central norte-americano, na véspera cederam espaço para preocupações persistentes sobre as perspectivas para a zona do euro, destacadas mais uma vez por novos dados econômicos fracos.

Às 8h01 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 avançava 0,13 por cento, para 1.097 pontos, com o índice Euro STOXX 50 avançando 0,15 por cento.

A ata da última reunião do banco central norte-americano mostrou que é provável que ele lance novos estímulos “em breve” se não houver um crescimento sólido da economia.

Mas ambos os índices recuaram das máximas atingidas no início do pregão, com investidores citando preocupações contínuas com a crise da dívida soberana da zona do euro. O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar para a zona do euro divulgado nesta quinta-feira mostrou que o bloco monetário está caminhando para a segunda recessão em três anos.