Ações europeias sobem com China apoiando mineradoras

O índice das principais ações europeias, FTSEurofirst, sobe 0,47%, aos 1.098 pontos

Londres – As ações europeias subiam nesta quinta-feira, lideradas por mineradoras, após a China afirmar que sua produção industrial está pronta para acelerar, mas alertas de resultados atingiam a WPP e a Daimler.

Às 8h17 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst subia 0,47 por cento, para 1.098 pontos, ao passo que as ações estabilizavam-se depois de fortes perdas na terça-feira.

O índice está sendo negociado numa margem estreita de 30 pontos desde o começo de setembro com recentes ações de estímulo de bancos centrais limitando perdas, embora o frágil crescimento da economia global tenha segurado ganhos.

“Nós estamos relativamente positivos nos mercados em prazos mais longos, mas continuaremos operando dentro de margens nos próximos meses até que vejamos um ponto de virada em termos de crescimento”, afirmou o chefe global de estratégia de investimento macro do HSBC Global Asset Management, Philip Poole.

O índice de matérias-primas estava entre as maiores altas depois que autoridades disseram que a produção industrial da China deve crescer mais rapidamente nos últimos três meses de 2012 do que no terceiro trimestre.

Os investidores, no entanto, continuavam preocupados com resultados corporativos e se as ações de estímulo dos bancos centrais anunciadas em setembro irão conseguir estimular o crescimento.

A fabricante de carros alemã Daimler caía 2,96 por cento, para 36,7 euros, depois que alertou no final da quarta-feira que pode não atingir sua previsão de lucro este ano e que suas margens de lucro não irão melhorar no ano que vem como esprado, culpando “condições de mercado significativamente mais difíceis”.