Ações do Twitter caem por temores sobre base de usuários

Esforços da rede social para combater contas falsas despertaram preocupação sobre impacto em sua base de usuários e finanças

As ações do Twitter despencaram nesta segunda-feira (9) após relatos na imprensa sobre esforços da rede social para combater as contas falsas despertarem preocupação sobre o impacto em sua base de usuários e, eventualmente, suas finanças.
Os papéis da companhia chegaram a cair 10% na abertura da sessão.

O jornal The Washington Post descreveu como o aumento do rigor do Twitter com as informações de seus usuários tinha resultado na suspensão de 70 milhões de contas em maio e junho.

Os esforços são uma resposta à crítica de que as empresas de redes sociais fizeram pouco para enfrentar a difusão de desinformação e notícias falsas.

A cotação das ações se recuperou levemente durante a sessão após o diretor financeiro do Twitter, Ned Segal, anunciar que a maioria das contas eliminadas não estavam incluídas na contabilidade oficial da empresa.

Segundo Segal, a empresa vai anunciar o número de usuários em seu informe de rendimentos em 27 de julho.