Ações do Snap caem para o menor valor da história após números ruins

Resultados do primeiro trimestre vieram bem abaixo do esperado por analistas de Wall Street

São Paulo — As ações do Snap, dono da rede social Snapchat, caem forte nesta quarta-feira, após a a companhia apresentar seus resultados do primeiro trimestre.

Os números vieram bem aquém da expectativa dos investidores. No período, as receitas chegaram a 230,7 milhões de dólares, abaixo dos 244,9 milhões esperados por analistas de Wall Street.

O número de usuários ativos, crucial para a geração de receita, terminou o trimestre em 191 milhões.  A expectativa era que a rede social chegasse, ao menos, aos 194 milhões de usuários no período

A companhia atribuiu o fraco desempenho a uma reformulação feita recentemente, que acabou afastando usuários antigos e alguns anunciantes. Para o próximo tri, o Snap já prevê uma desaceleração substancial das receitas.

Na bolsa, os papéis do Snap operam em forte queda. Nas negociações do after market de ontem, caíram 16,5%. No pré market de hoje, chegaram a despencar 21,6%, alcançando seu menor valor da história, a 11,207 dólares.