Ações europeias devolvem ganhos à espera de mais estímulos

O índice das principais ações europeias, FTSEurofirst 300, cai 0,25%, aos 1.103 pontos

Londres – As ações europeias devolviam os ganhos da sessão anterior nesta segunda-feira, com investidores no modo de consolidação aguardando catalisadores, como estímulo potencial dos Estados Unidos e a aprovação pela corte constitucionald a Alemanha do fundo de resgate da zona do euro.

Às 8h14 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 caía 0,25 por cento, para 1.103 pontos, depois de atingir uma nova máxima intradia de 13 meses na sexta-feira devido ao entusiasmo sobre o programa de compra de títulos do Banco Central Europeu (BCE).

“Nossa visão de médio prazo para os mercados acionário ainda é altista, mas no curto prazo nós vemos alguma consolidação, à medida que esperamos a decisão da corte da Alemanha sobre o ESM, o resultado das eleições na Holanda e a reunião do Fomc (Comitê de Mercado Aberto) nos Estados Unidos”, afirmou o analista de índices acionários europeus do Commerzbank Achim Matzke.

Os investidores darão atenção a uma série de eventos durante a semana, incluindo a decisão da corte constitucional da Alemanha sobre a legalidade do fundo permanente de resgate da zona do euro, o Mecanismo Europeu de Estabilização Financeira (ESM, na sigla em inglês).

Enquanto isso, o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, aparenta estar pronto para lançar uma terceira rodada de compra de títulos na reunião do Comitê de Mercado Aberto na quinta-feira, com o objetivo de tentar diminuir os custos de empréstimo e reanimar o crescimento econômico do país.