Ações de montadoras puxam e ações fecham em alta

Fortes dados econômicos dos EUA também ajudaram os mercados europeus a renovar a máxima recorde de cinco anos, fechando a quarta semana consecutiva de ganhos

Londres – Um rali nas ações de montadoras automotivas e fortes dados econômicos dos Estados Unidos ajudaram os mercados europeus a renovar a máxima recorde de cinco anos, fechando a quarta semana consecutiva de ganhos.

O setor de automóveis e peças do STOXX Europe 600 avançou 3 % após dados mostrarem que o mercado de carros da Europa cresceu pela primeira vez em um ano e meio em abril, ao mesmo tempo em que a produtora de pneus Michelin informou que as vendas subiram na Europa no mês passado.

Isso ajudou o indicador FTSEurofirst 300 a subir 0,22 %, para 1.248 pontos, novo recorde de fechamento dos últimos cinco anos.

O índice ampliou os ganhos à tarde, após dados de atividade econômica e de confiança nos Estados Unidos melhores do que o esperado.

“Os mercados não são puramente guiados por liquidez, o que está acontecendo nos EUA é real”, disse o membro do comitê de investimento do Carmignac Gestion Didier Saint-Georges.

“No geral permanecemos bastante altistas no mercado. Não acho que essa exuberância seja irracional.”

Em Londres, o índice Financial Times subiu 0,53 %, a 6.723 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX ganhou 0,34 %, para 8.398 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 teve alta de 0,56 %, a 4.001 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib cresceu 0,35 %, para 17.604 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 expandiu 0,47 %, a 8.582 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 0,86 %, para 6.115 pontos.