Ações da YPF desabam quase 20% na Bolsa de Buenos Aires

Os títulos da YPF tiveram queda para 87 pesos (US$ 19,70), e os corretores consideravam iminente a suspensão de sua cotação

Buenos Aires – O preço das ações da companhia petrolífera YPF sofria forte queda de 19,44% no meio do pregão desta quarta-feira na Bolsa de Comércio de Buenos Aires, em meio a um processo de desapropriação da maioria do capital da companhia controlada pela espanhola Repsol.

Às 13h57 locais (mesmo horário em Brasília), os títulos da YPF caíam para 87 pesos (US$ 19,70), e os corretores consideravam iminente a suspensão de sua cotação.

A baixa coincide com o segundo dia de debates no Senado do projeto de lei governamental para expropriar 51% de ações Classe D que estão nas mãos da Repsol, que com uma participação de 57,43% é a maior acionista da empresa argentina.

O grupo governista, que tem maioria nas duas câmaras do Parlamento, pretende aprovar hoje a realização de um debate no plenário de Senado no próximo dia 25.