Ações da Telecom Italia caem na bolsa de Milão

A queda acontece após a publicação de uma notícia em um jornal italiano segundo a qual o destino da TIM ainda é incerto

Milão – As ações da Telecom Italia caíam no início dos negócios desta terça-feira em Milão, em um movimento que operadores atribuem a uma notícia de um jornal italiano dizendo que o destino da lucrativa unidade brasileira, a TIM Participações, ainda é incerto.

O jornal Il Sole 24 Ore publicou que o BTG Pactual, o banco brasileiro que assessora a TIM, não recebeu ofertas maiores que 6 bilhões de euros (8,2 bilhões de dólares), pela unidade.

O investidor Marco Fossati tem pressionado por uma fusão entre a TIM e a GVT, unidade brasileira da francesa Vivendi , e havia expectativas de que a TIM atrairia maiores ofertas.

“Dado que não há um processo formal de venda, a indicação pode não ser o valor total que a Telecom consegue no caso do início de leilão, mas ainda assim, rumores recentes eram mais otimistas do que esse resultado”, disse um operador em Milão, em nota ao mercado.

Às 07h24 (horário de Brasília), as ações da Telecom Italia caíam 2,06 por cento.