Ações da Telecom caem por saída de representantes da Oi

Representantes da brasileira Oi saíram do conselho por desconforto com a aplicação de quase 900 milhões de euros em papéis da Rioforte, unidade do grupo

São Paulo – As ações da Portugal Telecom fecharam no nível mais baixo em 18 anos na Bolsa de Lisboa, com queda de 3,14%, a 2,47 euros.

Os papéis sofreram pressão das informações de que representantes da brasileira Oi saíram do conselho da empresa portuguesa por desconforto com a aplicação de quase 900 milhões de euros em papéis da Rioforte, uma unidade da Espírito Santo International.

Em entrevista ao Wall Street Journal, Otávio Marques de Azevedo, um dos dois diretores que renunciaram ontem a seus cargos no conselho da PT, disse que só ficou sabendo do investimento através da imprensa.

“Eu já estava planejando abandonar o conselho por causa do possível conflito de interesses relacionado à fusão entre Portugal Telecom e Oi, mas me senti incomodado com a maneira como fiquei sabendo do investimento da Espírito Santo International e decidi sair agora”, afirmou Azevedo.

Ccom informações da Dow Jones Newswires.