Ações da Embraer disparam com recorde de aeronaves

Papéis sobem 10,5% depois de já terem registrado alta de 5% no pregão de ontem

As turbulências no setor aéreo não impediram a Embraer de contabilizar recorde na entrega de aeronaves. No segundo trimestre, foram 52 aviões, fechando o semestre com um total de 97 jatos entregues. O resultado, que representa um aumento de 59% em relação ao mesmo período do ano passado, está provocando a disparada das ações da companhia na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).</p>

Nesta terça-feira, os papéis da Embraer (EMBR3) subiram 10,5%, para 11,16 reais, depois de já terem registrado alta de 4,77% no pregão de ontem. No ano, no entanto, as perdas são grandes: 48,73%.

Um risco para a empresa, na avaliação da corretora Ativa, é a deterioração da condição financeira das companhias aéreas devido à escalada do preço do petróleo.  Além disso, “como em média 60% das entregas do ano se concentram no segundo semestre, a companhia terá que acelerar as atividades para que consiga entregar os 195 a 200 jatos prometidos para 2008”, ressalta da corretora SLW em relatório.

As ressalvas, entretanto, não tiram a atratividade dos papéis da companhia. A corretora Ágora recomenda a compra das ações e estima uma valorização de 157,4% até o final do ano, com a cotaçao chegando a 26 reais em dezembro. Já a Fator é ainda mais otimista e projeta alta de 169,3% para os papéis, que têm preço-alvo de 27,20 reais.