Ações da Ásia enfraquecem sob influência externa

Investidores aguardam relatório de empregos crucial dos Estados Unidos que será divulgado na sexta-feira

Tóquio – As ações asiáticas se enfraqueceram nesta quinta-feira após fraco desempenho em Wall Street e antes de relatório de empregos crucial dos Estados Unidos que será divulgado na sexta-feira.

A reação do mercado à desaceleração da inflação anual ao consumidor da China em dezembro foi muda, depois de ela ter atingido 2,5 por cento ante 3 por cento no mês anterior, mais do que o mercado esperava.

Às 7h24 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,55 por cento, após romper série de cinco dias seguidos de perdas na quarta-feira.

Apesar da fraqueza do iene, o índice japonês Nikkei caiu 1,5 por cento, devolvendo parte da recuperação de 1,9 por cento na sessão anterior, após ter tido queda de quase 3 por cento nos dois primeiros pregões de 2014.

Nos EUA, o índice norte-americano S&P 500 encerrou quase estável, enquanto o Dow Jones caiu 0,4 por cento.

O relatório de emprego dos EUA na sexta-feira irá indicar melhor como a maior economia do mundo está se comportando –e por consequência a rapidez com que o Federal Reserve, banco central norte-americano, irá reduzir o estímulo. Economistas consultados pela Reuters estimam que 196 mil empregos foram criados na economia do país em dezembro.

Veja o desempenho das bolsas da região: PONTUAÇÃO VARIAÇÃO % Nikkei 15.880 -1,50% Hong Kong 22.787 -0,91% Xangai 2.027 -0,82% Seul 1.946 -0,66% Taiwan 8.514 -0,48% Cingapura 3.145 -0,17% Sydney 5.324 +0,16% REUTERS EPS CMO