Ações chinesas fecham em queda com menos negócios

Os volumes semanais caíram quase 80 por cento desde o pico de julho

Xangai – As ações chinesas caíram nesta sexta-feira, lideradas pela venda generalizada de ações de empresas com menor valor de mercado, enquanto os principais índices terminaram a semana praticamente estáveis em meio à diminuição do volume de negócios.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,61 por cento, para 3.231 pontos. O índice de Xangai caiu 1,62 por cento, para 3.091 pontos.

Durante a semana, o resultado preliminar do Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) da indústria chinesa mostrou que a atividade do setor no país caiu ao nível mais fraco desde 2009, alimentando temores sobre a economia global, mas uma alta no preço dos imóveis pelo quarto mês seguido trouxe alguma tranquilidade.

Os volumes semanais caíram quase 80 por cento desde o pico de julho, com as médias permanecendo em trajetória de queda com os investidores esperando sinais mais claros sobre o horizonte à frente.