Ações baratas atraem compradores e bolsas europeias sobem

Índice FTSEeurofirst sobe 1,13%, aos 983 pontos

Londres – As bolsas de valores europeias subiam na manhã desta quinta-feira, com investidores comprando ações baratas, após quedas agudas no dia anterior, apesar de dados regionais mostrarem deterioração na atividade econômica e preocupações com a saída da Grécia da zona do euro manterem as ações vulneráveis.

Às 8h43, o índice FTSEUROFIRST 300, que reúne as principais bolsas europeias, subia 1,13 por cento com 983 pontos, após cair 2,2 por cento na sessão anterior. Investidores cortaram sua exposição a ativos mais arriscados, após pesquisas mostrarem que o sentimento dos negócios da Alemanha caiu em maio pela primeira vez em sete meses, sugerindo que a maior economia da Europa não estava mais imune ao impacto da aprofundada crise da região.

Setores manufatureiros da França e Alemanha também encolheram, no ritmo mais rápido em três anos, durante o mês. Uma cúpula da União Europeia (UE) na quarta-feira não esclareceu como eles pretendiam derrubar a crise da dívida, dando poucas novidades para que o mercado negociasse.

“Os mercados continuam vulneráveis pois ainda não temos nenhuma proposta concreta na mesa para resolver a crise da dívida. Pessoas estão buscando sinais sobre como os políticas irão agir, mas este sentimento não emergiu da reunião da UE de ontem (quarta-feira).”, afirmou o estrategista Koen De Leus, da KBC Securities, em Bruxelas.