Ação do Mercado Livre dispara em NY após balanço forte

Papéis da companhia registraram um avanço de 11% após divulgação da receita líquida de US$ 545,2 milhões no segundo trimestre

As ações do Mercado Livre avançavam mais de 10% nesta quinta-feira, 8, atingindo cotação recorde, um dia após o maior grupo integrado de comércio eletrônico e de serviços financeiros da América Latina divulgar forte alta das receitas no segundo trimestre, mantendo o ritmo de expansão de vendas em seu portal de comércio eletrônico e da unidade Mercado Pago.

Na quarta-feira, após o fechamento da bolsa, a companhia reportou teve receita líquida de 545,2 milhões de dólares no período, alta ano a ano de 62,6% em dólar. A operação no Brasil respondeu por 55% da receita, 302 milhões de dólares, alta de 64%.

Por volta de 14:15, as ações subiam 11%, a 681 dólares em Wall Street, onde é listada na bolsa Nasdaq.

A equipe do Credit Suisse destacou que a empresa reportou um resultado bastante forte, principalmente o crescimento do volume de pagamento, acima de suas expectativas.

“O resultado do MercadoPago continua surpreendendo com o crescimento do volume fora da plataforma no Brasil de duas vezes e a velocidade de venda de (máquinas) mPOS acelerando”, afirmou em nota a clientes, destacando que o analista da casa aumentou as estimativas de Ebitda e elevou o preço-alvo da ação a 720 dólares (versus 710 dólares anteriormente).

Veja também

Na divisão de serviços financeiros Mercado Pago, o volume de pagamentos foi de 6,5 bilhões de dólares, alta ano a ano de 47%. O total de transações cresceu 112,5%, a 181,6 milhões. O volume de pagamentos fora da plataforma subiu 121,5%, a 3,1 bilhões de dólares. Em junho, o volume de pagamentos fora do Mercado Livre superou o valor transacionado dentro dela.

“O Mercado Livre teve um conjunto positivo de resultados no segundo trimestre, com os pagamentos mostrando mais uma vez crescimento sólido e originação de crédito quase dobrando em relação ao trimestre anterior”, afirmaram analistas do Itaú BBA liderados por Rodrigo Nistor, em relatório a clientes.

“Embora a empresa veja oportunidades consideráveis no segmento de marketplace, esperamos um crescimento significativamente maior de suas iniciativas financeiras.”