Ação da QGEP ganha preferência entre empresas do setor

Santander elevação de manutenção para compra e projeta alta de 80%

São Paulo – As ações da Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP3) voltaram a ganhar a confiança do mercado após a confirmação de descobertas de óleo. A equipe de análise do banco Santander aumentou a recomendação aos papéis de manutenção para compra e citou que a empresa tem o “portfólio mais tangível que as demais” e uma “posição de caixa mais confortável” alinhada com uma maior disciplina de capital para aquisições.

O preço-alvo estimado é de 19 reais, o que sugere um potencial de valorização de aproximadamente 80% sobre o valor negociado atualmente. Os papéis acumulam alta de 17% em agosto, mas queda de 36% em 2012. A empresa anunciou em abril um programa de recompra de até 1,097 milhão de ações.

A confiança do mercado na empresa cresceu no dia 13 de agosto, quando a QGEP confirmou a importância da descoberta na área de Carcará no pré-sal da Bacia de Santos localizada a a 232 km do litoral do Estado de São Paulo. Foi identificada uma coluna de 471 metros com óleo. As ações dispararam 7,86% no dia seguinte com um volume financeiro negociado muito acima da média.

“Os resultados obtidos até o momento superam nossas expectativas iniciais, impactam positivamente o potencial de nossa carteira de ativos e ratificam a nossa confiança com relação às áreas recentemente adquiridas na Bacia de Santos”, disse Lincoln Rumenos Guardado, CEO da QGEP, em um comunicado à época.