Ação da MPX sobe após capitalização de R$1 bi

MPX será grande geradora de caixa nos próximos anos, diz Planner

São Paulo – As ações da MPX Energia (MPXE3), do empresário Eike Batista, sobem forte na sessão desta quinta-feira (2). Na máxima do dia, os papéis subiram 2,5%, para 42,80 reais. Nos últimos 12 meses, já são 108% de valorização e, em 2011, a alta chega a 62%.

Os investidores repercutem a emissão de 1 bilhão de reais em debêntures conversíveis em ações. Os papéis serão subscritos pelo BNDESPar (600 mi), Eike Batista (200 mi), acionista controlador, e Gávea Participações (200 mi).

“Enxergamos como um movimento positivo para o levantamento de recursos com o objetivo de financiar os projetos da empresa”, afirma o analista da corretora Planner, Rafael Andreata.

Ele reiterou hoje a recomendação de compra às ações da empresa de energia do grupo EBX e acredita que a companhia será uma forte geradora de caixa nos próximos anos. O preço-alvo para o final de 2011 é de 48 reais, um potencial de valorização de 15%.

“Em nossa visão, o preço de energia no mercado livre terá uma elevação nos próximos anos, visto o aperto do balanço de energia, assim a MPX poderá se beneficiar de vendas a preços atrativos”, projeta Andreata.

Além disso, o relatório lembra ainda o grande potencial de exploração de carvão na Colômbia. “Temos visto um nível elevado no preço do carvão no mercado internacional”, finaliza.