O melhor investimento de Eike Batista na bolsa não é uma X

A ideiasnet, que investe em empresas de tecnologia e telecomunicações, vai na contramão das baixas das empresas X e acumula alta no ano

São Paulo – O bilionário Eike Batista tem seis empresas lançadas por ele listadas na BM&F Bovespa que carregam o X característico: OGX, OSX, MMX, MPX, LLX, CCX. Mas a ação com o melhor desempenho que tem capital de Eike investido, não é uma empresa X. 

Enquanto as ações X acumulam quedas em 2013 – a pior delas, da OGX, em 69,18% -, a Ideiasnet (IDNT3), em que o bilionário tem participação de 14,9%, vai na contramão e registra alta de 6,31%.

A Ideiasnet, que foi a primeira empresa brasileira de tecnologia a fazer IPO, em 2000, é uma empresa de investimentos focada na participação acionária direta e indireta em companhias de tecnologia, mídia e telecomunicações.

Em seu portfólio constam atualmente 13 empresas, entre elas a Officer, líder no segmento de distribuição atacadista de produtos de informática no Brasil.

A aquisição das ações, em maio de 2008, marcou a entrada de Eike Batista no ramo das comunicações. Na época, o anúncio da entrada do bilionário na empresa, fez as ações dispararem 17,40%.

Com quase 15% da empresa, Eike tem a segunda maior participaçãoa, logo atrás do grupo Lorentzen Empreendimentos, que tem 15,30%. 


No final de 2010, buscando maior exposição no segmento e aproveitando o bom momento para o consumo interno, o empresário se tornou sócio da IMG, uma das maiores empresas de marketing esportivo do mundo, e criou, no ano seguinte, a IMX. 

Até agora, o maior sucesso da nova X foi o “roubo” do Cirque du Soleil da Time for Fun (SHOW3). A empresa de Eike passará a promover os shows do grupo canadense no Brasil a partir de 2015.

Fundo

Em janeiro deste ano, a Ideiasnet entrou em uma nova fase. Os acionistas aprovaram que a empresa passe a administrar fundos e carteiras de investimento ligados ao setor de tecnologia. A ideia é lançar um fundo de até 150 milhões de dólares até 2014.

A companhia já tem um fundo, o Ideiasnet FIP I, que tem participações em seus seis principais investimentos: Padtec, Officer, Batanga, Pini, EAX e Tectotal.

Em março, o fundo recebeu um aporte de 79 milhões de dólares do fundo americano de investimento em empresas Paul Capital, que passou a deter participação de 18,2%.