10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

Disputa judicial entre a Aneel e a Abengoa pode atrasar início da transmissão da energia produzida em Belo Monte

São Paulo – Confira as principais novidades do mercados desta sexta-feira (23):

Disputa judicial ameaça transmissão da energia de Belo Monte

Uma disputa entre a Abengoa, responsável por parte das linhas de transmissão que escoariam a energia de Belo Monte, e a Aneel está colocando em risco o projeto da segunda maior hidrelétrica do país.

A empresa não executou praticamente nada das obras previstas, mas também se recusa a devolver a concessão, como a Aneel determina.

Juíza revoga liminar que proibia licença à CSA

A juíza Natascha Dazzi já revogou uma liminar, concedida na terça-feira, que proibía o regulador ambiental do Rio de Janeiro de conceder uma licença de operação à CSA. 

Em segunda análise, a juíza decidiu que o projeto apresentado pela empresa já cumpre os requisitos exigidos pelo Ministério Público sobre riscos à saúde da população.

BHP corta remuneração de executivo em 50%

A BHP Billiton cortou metade do pacote de benefícios do seu principal executivo, Andrew Mackenzie, após a tragédia de Mariana (MG). A remuneração de Mackenzie caiu de US$ 4,5 milhões no ano passado para US$ 2,24 milhões em 2016.

TIM vai avaliar a partir de 2017 se Oi é atrativa

TIM Participações acompanha a situação da Oi, que está em recuperação judicial. O diretor de relações com investidores da TIM, Rogério Tostes, avalia que só se tornará mais claro se a concorrente se tornará um ativo atrativo em 2017. ” A dívida deles ficou muito grande para a geração de caixa que tem”, disse Tostes.

Profarma está prestes a comprar a rede Rosário

A BR Pharma, controlada pelo BTG Pactual, está perto de fechar a venda da Drogaria Rosário para a Profarma, segundo o Valor Econômico.

O negócio movimentaria cerca de R$ 200 milhões, e entraria nos planos de expansão da Profarma, que começou a comprar drogarias há três anos.

Governo prepara PEC para dar autonomia ao Banco Central

O governo está preparando uma Proposta de Emenda à Constituição que confere autonomia ao Banco Central e institui foro privilegiado para a diretoria, segundo o Valor Econômico.

A discussão deve ser enviada ao Congresso depois da reforma da Previdência, prevista para o próximo mês.

MEC já deve R$ 5 bi em repasses do Fies

O Ministério da Educação já deve R$ 5 bilhões às universidades em repasses do Fies, referentes às parcelas de julho, agosto e setembro, de acordo com o Valor Econômico.

A dívida se dá porque os alunos ainda não renovaram seus contratos. O MEC informa que as renovações podem ser feitas até outubro, mas o processo sequer foi aberto.

Governo prevê arrecadar R$ 6,2 bilhões com repatriação

A repatriação de bens rendeu para o governo R$ 6,2 bilhões até agora, segundo relatório do Ministério do Planejamento. Assim, a previsão de receitas subiu R$ 2,684 bilhões e o governo estima R$ 1,278 trilhão de receitas totais em 2016, ante R$ 1,276 trilhão do relatório publicado em julho.

Corrida eleitoral em SP tem triplo empate técnico, segundo o Datafolha

O candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, João Doria, aparece agora com 25% das intenções de votos. Celso Russomano (PRB), que liderava até então, está com 22%. Já Marta Suplicy (PMDB) aparece com 20% das intenções de voto.

Faltam menos de duas semanas para as eleições municipais, que ocorrem no dia 2 de outubro.

Hackers roubam senhas de 500 mi de usuários do Yahoo

O Yahoo anunciou na quinta-feira (22) que hackers acessaram informações privadas de 500 milhões de usuários, incluindo números de telefone, e-mails e senhas.

Esse vazamento pode influenciar o acordo de compra pela Verizon por US$ 4,8 bilhões