10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

A Justiça do Rio proibiu o órgão regulador de liberar uma licença de operação para fábrica da CSA por questões ambientais

São Paulo – Confira as principais novidades do mercados desta quinta-feira (22):

Justiça do Rio proíbe concessão de licença à CSA

A Justiça do Rio proibiu a concessão de licença de operação à Thyssenkrupp CSA pela Comissão Estadual de Controle Ambiental.

A decisão foi tomada a pedido do Ministério Público do Estado, que solicitou uma nova avaliação dos impactos ambientais da fábrica sobre a saúde, segurança e bem-estar da população nos arredores.

Maior acionista da Oi é multada em US$ 1,25 milhão

A Pharol, antiga Portugal Telecom e maior acionista da Oi, foi multada em US$ 1,25 milhão pela SEC, a equivalente da CVM nos Estados Unidos.

A Pharol foi punida por falha na comunicação de risco de crédito de investimento em papéis da Rio Forte, empresa do Grupo Espírito Santo.

Petrobras quer aval de sócios para vender fatia da Braskem

A Petrobras terá que negociar com os futuros donos e sócios remanescentes se quiser vender sua fatia na Braskem, de acordo com a Folha de S.Paulo.

A idéia é de que os direitos que a Petrobras tem hoje na Braskem sejam transferidos ao comprador. Sem isso, a cúpula da estatal avalia que a venda perderia valor de mercado e não faria sentido.

Combustível deve seguir preço internacional, diz presidente da Petrobras

De acordo com Pedro Parente, o preço dos combustíveis pode aumentar ou até diminuir, tudo vai depender dos valores no mercado internacional. 

“Nós estamos definindo qual será a nossa política [de preços], mas é importante registrar que esta política tem como base a paridade internacional, que toda empresa tem que ter a sua margem, e este é um mercado de risco que a gente tem que levar em conta também, tem muita volatilidade”, disse Parente aos jornalistas.

Ultrapar aprova investimento adicional de R$ 196 milhões para rede Ipiranga

Ultrapar aprovou um orçamento adicional para a rede Ipiranga em 2016 de R$ 196 milhões para oportunidades de aceleração da expansão. O valor representa um aumento de 22,1% sobre o total de investimentos para a rede.

Conforme divulgado no final do ano passado, o plano de investimentos da Ultrapar para este ano era de R$ 1,809 bilhão.

Dona da Sky pode voltar a investir no Brasil

A DirecTV America Latina, dona da Sky no Brasil e controlada pela AT&T, pode voltar a investir no Brasil, segundo o Valor Econômico.

A empresa tem conversado com o governo brasileiro e com a Anatel para avaliar o cenário econômico e a clareza do ambiente regulatório.

Concessionária de aeroporto do RN quer R$ 1 bilhão

A argentina Inframérica levou à Anac um pedido de reequilíbrio econômico-financeiro da concessão do aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN) no valor de R$ 1,002 bilhão.

Segundo o Valor Econômico, a operadora alega que cenário mudou radicalmente desde as premissas originais da concessão. O aeroporto foi leiloado em 2011, como projeto-piloto das privatizações no setor.

Economia está preparada para alta do Fed, diz Henrique Meirelles

Após reunião, o banco central americano, o Federal Reserve, manteve a taxa de juros inalterada entre 0,25% e 0,5%, mas sinalizou um possível aumento. Para o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a economia brasileira está preparada para suportar um eventual aumento.

“Se não tem nada inesperado, uma crise, um choque como nós tivemos no passado, mas um movimento esperado que está sendo encarado com a maior responsabilidade pelo Fed, acredito que a economia brasileira já está, a essa altura do campeonato, preparada para isso”, afirmou Meirelles.

TCU bloqueia R$ 960 mi de Gabrielli, Duque e empreiteiras

O Tribunal de Contas da União atualizou para R$ 960 milhões o valor da devolução cobrada do ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, do ex-diretor de serviços da Petrobras, Renato Duque, da empreiteira Queiroz Galvão, da Iesa Óleo e Gás e do Consórcio Ipojuca Interligações. Eles tiveram seus bens bloqueados na quarta-feira (21).

Apple negocia compra da McLaren por R$ 6,35 bi, diz jornal

Segundo o jornal Financial Times, a Apple está negociando a compra da montadora McLaren, uma operação que poderia chegar a 1,5 bilhão de libras (cerca de R$ 6,35 bilhões).O interesse seria devido a um investimento estrátegico para acelerar os planos de produzir um carro elétrico autônomo.