10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

A valorização do real está reduzindo a rentabilidade das exportações da indústria brasileira

São Paulo – Confira as principais novidades do mercados desta terça-feira (9):

Alta do real reduz rentabilidade de exportações da indústria

A queda do dólar e valorização do real derrubou a rentabilidade das exportações da indústria no segundo trimestre, de acordo com o Valor Econômico.

Entre abril e junho, os ganhos do setor com as exportações caíram 6,4% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Disputa entre WTorrre e BR vai para arbitragem na França

A disputa judicial entre a WTorre e a BR Distribuidora será arbitrada pela Câmara de Comércio Internacional, em Paris, segundo o Valor Econômico.

A BR contesta judicialmente a validade do contrato para construção do terminal de combustíveis de Rondonópolis (MT), de responsabilidade da empreiteira, depois da descoberta de indícios de fraudes nas obras.

Via Varejo gastará R$ 16 mi em reestruturação da Cnova

A Via Varejo terá que desembolsar R$ 16 milhões na incorporação da Cnova no Brasil, além da troca de ações já prevista na transação.

Para concretizar a união do varejo físico e online, a Via Varejo entregará para Cnova N.V. (a empresa holandesa) as ações de Cnova N.V. detidas pela Via Varejo que correspondem a 21,9% do capital e também um montante de R$ 16 milhões em dinheiro.

Embraer adota plano de demissão voluntária no Brasil

A Embraer iniciará nos próximos dias negociação com sindicatos para implantar um programa de demissão voluntária (PDV) no Brasil, que, aliado a outras medidas de redução de custos, tem como objetivo economia de 200 milhões de dólares.

A companhia ainda não definiu os critérios do PDV ou a meta de adesão de funcionários. A Embraer emprega 17 mil funcionários no Brasil.

Acionistas adiam IPO do IRB para 2017

Os acionistas do IRB Brasil decidiram, em reunião, adiar os planos de fazer uma oferta inicial de ações (IPO) para 2017.

De acordo com o Valor Econômico, os sócios avaliam que um IPO agora alcançaria um preço muito baixo em relação às possibilidades de geração de resultados da empresa.

Light admite avaliar venda da Axxiom

A presidente da Light, Ana Marta Veloso, admitiu que a empresa está estudando vender sua fatia na Axxiom, empresa de serviços de tecnologia do setor elétrico, segundo o Valor Econômico.

O único processo que está em curso no momento, no entanto, é a venda da participação de 15,6% na Renova Energia, em parceria com a Cemig.

Lucro líquido da Smiles sobe 38,2% no 2º trimestre

A Smiles, gestora do programa de milhagens da Gol Linhas Aéreas, registrou um lucro líquido de R$ 123,6 milhões no segundo trimestre de 2016, alta de 38,2% frente ao reportado em igual período de 2015.

A empresa atribuiu o crescimento do lucro líquido principalmente à expansão de 37,7% do lucro operacional e pelo aumento no resultado financeiro.

Marcopolo registra aumento de 16,7% no lucro líquido

A Marcopolo registrou lucro líquido de R$ 43,3 milhões no segundo trimestre do ano, alta de 16,7% ante igual período de 2015.

A receita líquida consolidada da fabricante de chassis de ônibus somou R$ 619,7 milhões, valor 2,6% menor do que o anotado em igual intervalo de 2015, sendo R$ 194,2 milhões, ou 31,3% do total, no mercado interno, enquanto o mercado externo somou R$ 425,5 milhões, representando os demais 68,7% da receita.

Alpargatas cresce vendendo “Havaianas” que não são Havaianas

As vendas da Alpargatas cresceram impulsionadas pela venda de produtos Havaianas que não são as famosas sandálias.

Enquanto a venda das sandálias aumentaram 26,2% no segundo trimestre, enquanto os outros produtos da marca subiram 30,7% no mesmo período em comparação com o segundo trimestre do ano passado.

Senado decide se Dilma vai a julgamento ou não

O plenário do Senado começa a debater hoje se a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) deve ou não ser alvo de julgamento final por crimes de responsabilidade que pode conduzi-la ao impeachment. 

A sessão de hoje começa às 9h e deve durar cerca de 30 horas. Na pauta está o parecer aprovado pela Comissão Especial do impeachment, que defende a continuidade do julgamento contra a petista.