10 novidades do mercado que você precisa saber

Bradesco fará oferta por unidade brasileira do HSBC; Petrobras considera venda de algumas usinas

São Paulo – Aqui está o que você precisa saber nesta quinta-feira. 

1- Bradesco fará oferta vinculante por HSBC em julho, diz CEO. O Bradesco fará uma oferta vinculante pela unidade brasileira do HSBC em julho, disse nesta quarta-feira o presidente do banco brasileiro, Luiz Carlos Trabuco. “Nós fizemos uma oferta e estamos analisando”, disse Trabuco a jornalistas. “A oferta vinculante será feita em julho de acordo com calendário do vendedor”, acrescentou.

2- Petrobras considera venda de algumas usinas, dizem fontes. A Petrobras estuda vender algumas usinas de etanol dentro do seu plano de desinvestimento, disseram duas fontes com conhecimento do assunto, e poderá focar em nichos mais rentáveis para a companhia no mercado de biocombustíveis.

3- IGP-M acelera alta a 0,59% na 2ª prévia de junho. O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu 0,59% na segunda prévia de junho, após alta de 0,41 por cento no mesmo período de maio, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira.

4- Economistas fazem manifesto pró-governo. Professores da Fundação Getulio Vargas (FGV), do Insper, da Fipe-USP e da Faap elaboraram um manifesto em apoio às medidas econômicas adotadas no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. O documento circulou pelas universidades paulistas há duas semanas e já foi endossado por 104 economistas.

5- MME adia 1º Leilão de Energia de Reserva para 28 de agosto. O Ministério de Minas e Energia (MME) adiou para 28 de agosto o primeiro Leilão de Energia de Reserva, de 2015, de empreendimentos de geração de fonte solar fotovoltaica, segundo portaria no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

6- IPC-Fipe desacelera alta a 0,54% na 2ª quadrissemana. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo subiu 0,54% na segunda quadrissemana de junho, depois de avançar 0,61 por cento na primeira quadrissemana do mês, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta quinta-feira.

7- Bolsa de Londres cai enquanto ações na Grécia tocam mínimas. Os mercados europeus de ações recuavam nesta quinta-feira, com a bolsa de Atenas tocando mínimas de três anos conforme diminuía a perspectiva de a Grécia alcançar um acordo rápido com seus credores internacionais.

8- Merkel diz que acordo ainda é possível com Grécia. A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou nesta quinta-feira que ainda é possível um acordo entre a Grécia e os credores. “Estou convencida de que onde existe vontade, existe um caminho”, disse Merkel aos deputados alemães no Parlamento (Bundestag).

9- BCE não planeja ajudar Grécia a pagar FMI, diz Weidmann. O Banco Central Europeu (BCE) não tem planos de intervir para ajudar o governo da Grécia caso Atenas não cumpra o prazo para o pagamento de empréstimos ao Fundo Monetário Internacional (FMI) no fim deste mês, afirmou o presidente do Banco Central da Alemanha (Bundesbank), Jens Weidmann, em entrevista publicada hoje pelo jornal francês Les Echos.

10- Bolsas da Ásia sobem após Fed moderar expectativa sobre juro. O índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia nesta quinta-feira, após o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, sinalizar que a taxa de juros será elevada mais lentamente do que os mercados esperavam.