10 notícias para lidar com os mercados nesta terça-feira

Copom inicia hoje reunião para definir taxa básica de juros; Moody's diminui perspectiva para China

São Paulo – Aqui está o que você precisa saber:

Bônus – OGX busca vender bloco para Petronas por US$ 1 bi em maio. Segundo fontes, o bilionário brasileiro Eike Batista está tentando vender 40 por cento do bloco de petróleo Tubarão Martelo, na Bacia de Campos.

1 – Inflação pelo IGP-10 fica em 0,18% em abril. O resultado anunciado nesta terça-feira ficou abaixo do piso do intervalo previsto pelos analistas do mercado financeiro, que esperavam uma taxa de 0,25% a 0,47%.

2 – Inflação pelo IPC-S fica em 0,65% na 2ª quadrissemana. O resultado ficou abaixo do registrado na primeira leitura do mês, quando o índice subiu 0,71%.

3 – Marfrig não é mais uma pechincha na bolsa, alerta HSBC. As ações da Marfrig (MRFG3) não são mais uma pechincha na bolsa, alerta a equipe de análise do HSBC Global Research em um relatório de segunda-feira. O preço-alvo foi cortado de 12 reais para 8,50 reais e a recomendação neutra reiterada.

4 – Índice Zew de confiança do investidor alemão recua em abril. Resultado mostra que uma retomada da crise da zona do euro está afetando a maior economia da Europa.

5 – Copom inicia hoje reunião para definir taxa básica de juros. A segunda parte da reunião será realizada amanhã (17), quando o Comitê de Política Monetária do Banco Central irá anunciar a sua decisão sobre a Selic.


6 – Reserva para IPO da BB Seguridade poderá ser cancelada. Investidores que fizeram reservas para a oferta pública inicial de ações da BB Seguridade até o dia 12 de abril poderão cancelar seus pedidos.

7 – Moody’s diminui perspectiva para China após revisão da Fitch. Na semana passada, a Fitch Ratings cortou o rating de crédito de longo prazo em moeda local da China para “A+” ante “AA-“.

8 – Bolsas asiáticas fecham em direções divergentes. Ações de produtores de ouro asiáticos caíram acentuadamente, acompanhando o grande movimento do metal na segunda-feira.

9 – Atraso em obras de empresas de Eike inquieta investidor. A constante revisão de prazos é mais uma reclamação de investidores preocupados com o rumo atual das empresas.

10 – EUA vão descobrir responsáveis por explosões, diz Obama. “Nós ainda não sabemos quem fez isso ou por que, e as pessoas não devem tirar conclusões precipitadas antes que nós tenhamos todos os fatos”, disse Obama na TV.