10 notícias para lidar com os mercados nesta sexta-feira

Lopes compra controle de imobiliária no PR por R$ 37 milhões; Embratel desiste de OPA da NET

São Paulo – Aqui está o que você precisa saber:

1 – Lopes compra controle de imobiliária no PR por R$ 37 mi. A Lopes Brasil fez um acordo para comprar o controle da Raul Fulgêncio Consultoria de Imóveis, de Londrina (PR), por valor estimado em 36,7 milhões de reais, informou a companhia no final da quinta-feira. Do valor total da aquisição de 51 por cento da Raul Fulgêncio, 14 milhões de reais serão à vista e o restante será saldado em três parcelas anuais variáveis atreladas ao resultado. A Lopes Brasil vai convocar uma assembleia geral extraordinária (AGE) para os acionistas deliberarem sobre a compra, e os investidores com posição acionária até 5 de julho na empresa poderão se retirar da companhia se forem contrários à operação.

2 – Embratel desiste de OPA da NET. A Embratel Participações anunciou que desistiu de realizar uma oferta pública de aquisições (OPA) para cancelar o registro de companhia aberta da Net. Assim, será realizada apenas a oferta pública por alienação de controle da NET, que tirará a companhia do Nível 2 de governança corporativa da BM&FBovespa, ao preço de 26,64 reais por ação. A Embrapar vai agora enviar uma nova minuta do edital para a CVM com detalhes da operação.

3 – Gafisa terá que reapresentar documentos nos EUA. A Gafisa (GFSA3) foi intimada a reapresentar documentos desde janeiro 2010, segundo apontou reportagem da Bloomberg. A intimação não é pública e não especifica possíveis decisões que SEC (Securities and Exchange Commission, regulador do mercado dos Estados unidos) poderá tomar.

4 – Cemig Distribuição capta R$ 640 milhões com notas. A Cemig Distribuição informou que captou 640 milhões de reais em sua 5ª emissão de notas promissórias comerciais. Segundo comunicado enviado para a CVM, foram emitidos 64 títulos, com valor nominal de 10 milhões de reais cada, e vencimento em 27 de junho de 2013. O BB Investimentos foi coordenador líder da operação.

5 – Renner fecha 2º tri com 5 novas lojas abertas, abaixo do previsto. A Lojas Renner informou na quinta-feira que inaugurou cinco unidades ao longo do segundo trimestre, nas regiões Sul, Sudeste e Norte, três lojas a menos que o previsto no plano da empresa para o período. O plano de expansão da companhia previa oito novas lojas abertas no segundo trimestre. Até o final de 2012, a Renner planeja inaugurar outras 23 lojas no país.


6 – Rendimento de títulos de 10 anos da Espanha supera 7%. Os rendimentos dos títulos de 10 anos do governo espanhol ampliaram a alta e superaram os 7 por cento nesta sexta-feira, com os investidores descartando ativos de risco em meio a dúvidas sobre a eficiência de ferramentas anticrise disponíveis no momento. O afrouxamento de política realizado pelos bancos centrais da Europa, Inglaterra e China na quinta-feira não foi suficiente para impressionar os investidores, o que elevou os custos de empréstimos de Espanha e Itália nesta sexta-feira.

7 – Redução de juros do BCE “deve ser um sinal”, diz Lagarde. A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, considerou nesta sexta-feira que a decisão do Banco Central Europeu de diminuir as taxas de juros em 0,25% “deveria representar um sinal para todas as economias da zona“. Além do corte dos jutos a 0,75%, seu mínimo histórico, Lagarde ressaltou a importância da decisão do BCE de baixar a 0% a facilidade de depósito, que remunera depósitos overnight em bancos centrais.

8 – Multiplan anuncia expansão de shopping.
A Multiplan anunciou que fará três expansões no RibeirãoShopping. Segundo comunicado enviado para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as três expansões somam 20,6 mil metros quadrados e aumentarão a área locável do RibeirãoShopping para 67,2 mil metros quadrados, um crescimento de 44,1% sobre a área atual.

9 – Produção industrial da Alemanha salta 1,6% em maio.
A produção industrial da Alemanha cresceu bem mais do que o esperado em maio, mostraram dados do Ministério da Economia nesta sexta-feira, destacando a resistência da maior economia da Europa em meio à crise da dívida da zona do euro. A produção na Alemanha subiu 1,6 por cento em maio, impulsionada por uma alta de 3,8 por cento na produção de bens de consumo e de 3,1 por cento na atividade de construção. O ministério informou que a atividade da construção está agora bem acima dos níveis do primeiro trimestre.

10 – Celesc aumentará em 537% capacidade de hidrelétrica.
A Celesc Geração, subsidiária da Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), recebeu licença ambiental prévia da Fatma (Fundação do Meio Ambiente) para ampliar a potência instalada na Pequena Central Hidrelétrica (PHC) Salto.Segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as mudanças causarão um aumento de 537% na capacidade produção de energia elétrica da hidrelétrica. A empresa acredita que operação representará uma ampliação de 42% na potência instalada total da Celesc Geração.

Bônus: Olho no olho ajuda no desempenho das ações

*Bloomberg, EFE e Reuters