10 notícias para lidar com os mercados nesta sexta-feira

Bradesco capta US$ 1 bilhão em apenas duas horas

1- Agenda do dia tem arrecadação de janeiro da Receita Federal. O governo brasileiro deve ter arrecadado R$ 93,65 bilhões em tributos federais em janeiro, segundo a média das expectativas de dez economistas consultados pela Bloomberg. A Receita Federal informa o número oficial às 10:30 e oferece entrevista coletiva às 11:00.

2 – Troca de dívida na Grécia divide foco com operação do BCE. A sexta-feira no Brasil começava com uma tendência relativamente positiva dos mercados financeiros globais, em que as atenções para a implementação do acordo da dívida grega dividem-se com a expectativa para a segunda operação de financiamento de três anos do Banco Central Europeu (BCE) na próxima semana.

3 – BTG Pactual pode captar R$ 1 bilhão com IPO. A abertura de capital do BTG Pactual deve movimentar ao menos R$ 1 bilhão. Esse número tem sido falado em conversas reservadas entre os bancos de investimento que estão sendo convidados a participar da operação, de acordo com fontes próximas. O pedido de análise para o início da oferta de ações deve ser enviado a qualquer momento à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

4 – Bradesco capta US$ 1 bilhão em duas horas. O Banco Bradesco confirmou a captação, nesta quinta-feira, de US$ 1 bilhão no exterior com a emissão de bônus de dívida de dez anos, numa operação que atraiu, em apenas duas horas e meia, US$ 7 bilhões em intenção de compra. “Em duas horas e meia, o book já estava fechado”, disse o diretor do Bradesco BBI, Renato Ejnisman, referindo ao livro onde são registradas as reservas de compra da emissão. Ejnisman afirmou ainda que não foi realizado roadshow – apresentação da operação dos investidores – porque o Bradesco é um emissor frequente e conhecido dos investidores.

5 – Lucro da Telefônica recua em 2011 pela compra da Vivo. A Telefônica lucrou 5,4 bilhões de euros em 2011, quantia 46,9% inferior a do ano anterior, devido ao efeito contábil da aquisição total da operadora brasileira Vivo em 2010, informou nesta sexta-feira a companhia presente na América Latina.


6 – Valor do Facebook passa dos US$ 100 bilhões. Enquanto muitos permanecem céticos em relação ao valor que o Facebook, de Mark Zuckerberg, pode alcançar após seu IPO (oferta inicial de ações), o preço das ações no mercado privado sobe. E muito.

7 – CVM recusa pedido de minoritários do Grupo Oi. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) recusou ontem todos os pleitos de acionistas minoritários do Grupo Oi que tentavam interromper o processo de restruturação da empresa. Com isso, foi mantida para a próxima segunda-feira a assembleia geral extraordinária (AGE) que definirá a nova formação societária do grupo. Será a quarta tentativa da operadora de adequar suas ações ao perfil adquirido pela companhia após a compra da Brasil Telecom, efetivada em abril de 2008.

8 – Fundador do Pactual vai comandar a Laep. O ex-banqueiro Luiz Cezar Fernandes vai substituir o empresário Marcus Elias na presidência da Laep Investments – dona da Parmalat e da grife Daslu. Nome conhecido no mercado financeiro, Fernandes foi fundador dos bancos Pactual e Garantia.

9 – PIB britânico encolhe no quarto tri com menos investimento. A economia britânica encolheu no quarto trimestre do ano passado, apesar da elevação dos gastos dos consumidores e do forte crescimento das exportações, já que as empresas cortaram investimentos, mostraram dados oficiais nesta sexta-feira.

10 – Fitch rebaixa o rating de três bancos na Austrália. Outra importante agência de classificação de crédito rebaixou o setor bancário da Austrália. Citando os custos mais elevados de financiamento dos bancos, a Fitch Ratings cortou o rating, em um ponto, do Commonwealth Bank of Australia, do Westpac Banking e do National Australia Bank. Todos tiveram a nota rebaixada de “AA” para “AA-“.

Bônus – Bolsas da Ásia encerram em alta; Xangai ganha 1,3%. A maioria dos mercados da Ásia fechou em elevação nesta sexta-feira. A alta em Wall Street, a redução das preocupações sobre a dívida da Grécia e os fatores internos de cada país influenciaram os investidores da região.

Produção de óleo e gás da Petrobras sobe 2,6% em janeiro. A Petrobras teve produção média de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior de 2,73 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) em janeiro, informou a companhia, nesta sexta-feira. Esse volume é 2,6 por cento maior do que o de janeiro de 2011 e 0,5 por cento superior ao de dezembro.