10 notícias para lidar com os mercados nesta sexta-feira

Krugman pede que Banco Central Europeu compre dívida italiana; OGX, petrolífera de Eike, reduz perdas no terceiro trimestre

São Paulo – Aqui está o que você precisa saber:

1 – Nobel de Economia pede que Banco Central Europeu compre dívida italiana. ‘No final, o BCE olhará para o precipício e dirá: esqueçamos todas as regras, temos que comprar dívida’, declarou Krugman em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal econômico ‘Handelsblatt’, na qual comentou que o preço da decomposição da zona do euro seria grande demais.

2 – IBGE antecipa IPCA de outubro por falha em seu sistema. Entidade deixa vazar IPCA de outubro que só seria conhecido amanhã; índice registrou inflação de 0,43%. O mercado esperava uma variação positiva de 0,42%.

3 – OGX, petrolífera de Eike, reduz perdas no terceiro trimestre. Empresa teve prejuízo de R$ 25,9 milhões, mostrando recuperação frente às perdas de R$ 202,2 milhões do mesmo período de 2010. No trimestre, a empresa obteve ganho financeiro de R$ 138,829 milhões, ante perda financeira de R$ 62,916 milhões na mesma etapa de 2010.

4 – Gol acumula prejuízo de R$ 516,5 milhões no terceiro trimestre. De acordo com o balanço da companhia, a desvalorização da moeda brasileira gerou uma despesa líquida com variação cambial em aproximadamente 476,4 milhões de reais por conta da maior representatividade dos passivos financeiros da companhia em dólar.

5 – Positivo tem lucro ajustado de R$3,2 mi no terceiro trimestre. A receita líquida de julho a setembro foi de 489,1 milhões de reais, queda de 21,3 por cento sobre igual período de 2010. Segundo o balanço trimestral da companhia, o lucro foi ajustado pela subvenção para investimentos.


6 – B2W tem prejuízo de R$ 37,9 mi no terceiro tri; Ebitda recua. A receita líquida de vendas e serviços da companhia caiu 1 por cento no terceiro trimestre, para 1,044 bilhão de reais. Segundo comunicado divulgado nesta quinta-feira, o resultado não reflete as expectativas da companhia, afirmando que tanto o crescimento como a rentabilidade da operação dependem da mudança para um patamar superior de atendimento ao cliente.

7 – Sabesp tem queda de 84,4% no lucro do terceiro trimestre, para R$ 68 milhões. O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) somou 814,2 milhões de reais, alta de 4,8 por cento sobre os 776,8 milhões de reais de um ano antes.

8 – Lucro líquido da Eletrobras cresce 979% no terceiro trimestre. A empresa apurou lucro líquido de R$ 1,564 bilhão no terceiro trimestre deste ano, equivalente a R$ 1,38 por ação e 979% acima do apurado no mesmo período de 2010, de R$ 145 milhões. A receita operacional líquida atingiu R$ 7,097 bilhões, ante R$ 7 bilhões no mesmo período do ano passado.

9 – Rossi tem lucro de R$ 96 mi no terceiro tri, conforme esperado. O resultado representa um aumento de 3% sobre o ganho obtido um ano antes. O resultado, ajustado por despesas não recorrentes, representa um aumento de 3 por cento sobre o ganho obtido um ano antes. A média de seis estimativas de analistas obtidas pela Reuters apontava lucro de 96,7 milhões de reais.

10 – UBS rebaixa recomendação para ação da AmBev após forte alta. O banco rebaixou a recomendação às ações da AmBev (AMBV4) de compra para neutra após a forte alta dos papéis neste ano, mostra um relatório assinado pelo analista Gustavo Pires Oliveira. O preço-alvo caiu de 62 reais para 59 reais, o que sugere um potencial de valorização de apenas 2,6%.

Bônus: Prejuízo da Marfrig dispara 687,2% no terceiro trimestre. O resultado passou para R$ 540,0 milhões, de R$ 68,6 milhões no ano anterior

Bônus 2: CSU inicia novo programa de recompra de até 8,8% das ações. “A iniciativa tem como objetivo capturar um potencial importante de criação de valor em razão do atual valor de cotação das ações da CSU na BM&FBovespa, evidenciando a visão estratégica e o compromisso de longo prazo da Companhia com o mercado de capitais”, mostra a nota assinada por Mônica Molina, Diretora de Relações com Investidores e Desenvolvimento Corporativo.