10 notícias para lidar com os mercados nesta segunda-feira

Brookfield fará oferta de aquisição de ações e deixará bolsa

São Paulo – Veja o que você precisa saber nesta segunda-feira.

1. Óleo e Gás entrega plano de recuperação judicial

Na sexta-feira, a Óleo e Gás Participações, ex-OGX, entregou seu plano de recuperação judicial à 4ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro, marcando uma nova fase do maior processo de recuperação judicial da América Latina. O plano prevê que o empresário Eike Batista deixará o controle da endividada empresa, cujas ações ficarão, em sua maioria, nas mãos de credores.

Acionistas minoritários da antiga OGX voltaram a afirmar que devem recorrer à Justiça, caso seja aprovado o plano de recuperação judicial da companhia da forma como foi apresentado na sexta-feira.

2. Brookfield fará oferta de aquisição de ações e deixará bolsa

A controladora da Brookfield anunciou na sexta-feira que fará uma oferta pública de aquisição de ações (OPA) para tirar a incorporadora imobiliária da bolsa de valores. A operação pode ter um giro financeiro de até 429,8 milhões de reais.

3. Santander Brasil propõe bonificação e grupamento de ações

O Santander Brasil propôs na sexta-feira uma bonificação de suas ações na proporção de cinco ações preferenciais para cada unit. Com a proposta, cada unit do banco passará a ser composta momentaneamente por 55 ações ordinárias e 55 ações preferenciais, com capitalização de 171,8 milhões de reais, segundo o banco.

Para acompanhar a Bovespa no seu celular, basta digitar: exame2.com.br/mobile/exame-na-bolsa


4. Farmacêutica Teva vira maior investimento único de Soros

A farmacêutica israelense Teva Pharmaceutical Industries tornou-se o maior investimento em uma única ação do Soros Fund Management LLC, que faz a gestão do patrimônio familiar do bilionário investidor George Soros. A ação da companhia já subiu 10,3% neste ano.

5. Produção de petróleo da Líbia cai depois de protestos

A produção de petróleo da Líbia caiu para 390 mil barris por dia (bpd), cerca de 70 mil bpd a menos que na semana passada, com protestos parcialmente bloqueando os fluxos do campo petrolífero El Sharara. A produção nacional está em torno de 390 mil bpd, disse o porta-voz da NOC Mohamed El Harari. Na quinta-feira, a produção havia sido de 460 mil bpd.

6. Petrobras diz que P-62 iniciou operação com segurança

A Petrobras divulgou uma nota na sexta-feira informando que iniciou a operação da P-62 em segurança e com todas as licenças necessárias de autoridades competentes. A companhia também informou que foi adiada a previsão de início da produção da unidade, instalada no campo de Roncador, para o segundo trimestre deste ano.

7. Bolsa de Tóquio fecha em alta com incorporadoras

A Bolsa de Tóquio encerrou em terreno positivo hoje, em meio ao interesse dos investidores por ações de incorporadoras e exportadoras que tinham caído muito nas últimas sessões. Os investidores estarão atentos à decisão de política monetária do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) nesta terça-feira.


8. Economia do Japão cresce a ritmo mais lento que o esperado

A economia do Japão cresceu a um ritmo bem mais lento do que o esperado no final do ano passado. Dados decepcionantes sobre o consumo privado, o investimento empresarial e os embarques foram divulgados no momento em que o banco central se reúne para revisar sua política ultra-expansionista, com os mercados esperando que o BC mantenha o ritmo atual de compra de títulos na reunião de dois dias que se encerra na terça-feira.

9. Moody’s eleva perspectiva para rating da Itália a estável

A agência de classificação de risco Moody’s elevou a perspectiva para o rating da Itália de ‘negativo’ para ‘estável’, no primeiro sinal de uma possível mudança de sentimento em relação à dívida soberana do país desde o início da crise da zona do euro.

10. O que você precisa saber da agenda desta segunda-feira

Na agenda desta segunda feira, há a divulgação do Boletim Focus – relatório semanal que reúne projeções de instituições financeiras – da balança comercial, do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) e do Índice Geral de Preços-10 (IGP-10).