10 notícias para lidar com os mercados nesta quinta-feira

Bolsas caem na Europa, levando MSCI World ao menor nível em uma semana. Commodities recuam por sinais de desaceleração na economia global. Índices futuros nos EUA em alta

São Paulo – Aqui está o que você precisa saber nesta quinta-feira (2):

1 – Agenda: Inflação no Brasil, seguro-desemprego e fábricas nos EUA. Os investidores acompanharam nesta manhã a divulgação do IPC-Fipe, que desacelerou mais do que o esperado, para 0,31% em maio. Ainda no Brasil, a presidente da República, Dilma Rousseff, recebe o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, às 10 horas. Nos Estados Unidos, o mercado acompanha os pedidos de seguro-desemprego e encomendas às fábricas. Não estão previstos balanços corporativos que possam impactar as bolsas.

2 – Mercados: Investidores aguardam dados; Merkel puxa euro. As bolsas na Europa recuam com o receio de perda de força da recuperação global. Investidores aguardam dados dos Estados Unidos e China. O dólar cai diante do euro e outras moedas após a primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, defender a divisa europeia. Os índices futuros em Wall Street operam em campo positivo.

3 – As projeções de 11 analistas para o Ibovespa em junho. A inflação é a preocupação que mais atormenta os analistas que tentam projetar um rumo para o Ibovespa, principal índice de ações da bolsa brasileira, no mês de junho. Este é o principal risco que emerge na leitura das análises de mercado, segundo levantamento realizado por EXAME.com em 11 relatórios.

4 – S&P: reformas pontuais podem acelerar alta de rating do Brasil. O rating do Brasil poderia ser melhorado ainda mais com reformas pontuais em áreas como infraestrutura e aeroportos, disse ontem em evento em São Paulo a presidente da Standard & Poor’s no Brasil, Regina Nunes, segundo reportagem da Bloomberg.

5 – Presidente da Câmara suspende a convocação de Palocci. O deputado Marco Maia (PT-RS) suspendeu a decisão da Comissão de Agricultura de convocar o ministro chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, para prestar esclarecimentos sobre sua evolução patrimonial. Maia informou ao plenário que na próxima terça-feira (7) anunciará sua decisão sobre a questão de ordem apresentada a ele pelos deputados da base aliada.

6 – Petrobras alerta para e-mail falso de ações do pré-sal. A estatal brasileira informou na noite de ontem (1) que está sendo distribuído um e-mail falso, simulando a Petrobras como remetente, que oferece “lotes de ações do pré-sal 2011”. Diante disso, a companhia esclarece que todas as informações contidas na mensagem são inverídicas. A Petrobras está investigando o fato.

7 – Gol reitera que não está negociando com a LAN. A companhia aérea comunicou ontem ao mercado que não está em negociação com nenhuma empresa aérea e afirmou que não foi procurada pela LAN. A chilena havia dito que, caso a parceria com a TAM não fosse aprovada pelas autoridades regulatórias chilenas, sua direção poderia procurar a Gol.

8 – MPX emite R$ 1 bilhão em debêntures conversíveis em ações. O braço energético do Grupo EBX, controlado pelo bilionário Eike Batista, anunciou a emissão de 1 bilhão de reais em debêntures conversíveis em ações. Os papéis serão subscritos pelo BNDESPar (600 mi), Eike Batista (200 mi) e Gávea Participações (200 mi). A capitalização pode ainda ser acrescida em 369 milhões de reais porque os minoritários terão o mesmo direiros para aderir à operação. Com isso, a captação pode chegar a 1,369 bilhão de reais.

9 – Infraero: aeroportos da Copa terão R$ 5,6 bilhões em investimento. Os aeroportos que serão utilizados nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo receberão, até 2014, investimentos de 5,6 bilhões de reais, estimou ontem a Infraero. Deste total, a própria estatal deverá investir 5,2 bilhões de reais. Os 400 milhões restantes deverão ser aportados por investidores privados que assumirem a concessão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN).

10 – TCU aprova contas de Lula com ressalvas, diz jornal. As contas de gestão do governo Luiz Inácio Lula da Silva foram aprovadas ontem pelo Tribunal de Contas da União (TCU) com oito ressalvas e 23 recomendações, informa reportagem do jornal Valor Econômico. O parecer do órgão agora será avaliado pelo Congresso Nacional que pode manter o parecer de aprovação ou rejeitá-lo. As contas foram relatadas pelo ministro Aroldo Cedraz.

Bônus I: Empresa de Eike Batista é acusada de poluir água. A MMX Mineração, do empresário Eike Batista, é acusada pela mineradora Emicon, de Minas Gerais, de causar danos ambientais em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, prejudicando o abastecimento de água na capital mineira, informa reportagem do jornal Folha de S. Paulo. Em defesa, a MMX afirma que os problemas são de “inteira e exclusiva” responsabilidade da Emicon, que explorou minério de ferro no local antes da mineradora.

Bônus II: Itaú BBA recomenda compra das ações da Sonae Sierra. Em início de cobertura dos papéis ordinários (SSBR3), os analistas David Lawant e Vivian Salomon atribuíram a recomendação outperform (performance acima da média do mercado) para a Sonae Sierra Brasil, com preço-alvo de 32,50 reais até o final de 2011. O valor representa um potencial de alta de 35%. “As ações da empresa são as mais baratas entre as demais companhias do setor na qual realizamos cobertura”, destacam.