10 notícias para lidar com os mercados nesta quarta-feira

Produção de minério da Vale cai no primeiro trimestre; oferta de ações da Qualicorp movimenta R$ 758,5 mi

1 – Produção de minério da Vale cai no primeiro trimestre. A Vale (VALE3, VALE5) disse que sua produção de minério de ferro caiu para 69,99  milhões de toneladas no primeiro trimestre do ano, contra 71,54 milhões de toneladas no mesmo período do ano anterior, segundo comunicado enviado ontem à Comissão de Valores Mobiliários. A produção de pelotas da empresa aumentou para 12,69 milhões de toneladas nos primeiros três meses do ano, contra 12,51 milhões de toneladas em igual período de 2011. Já a produção de cobre aumentou de 70 mil toneladas para 73 mil toneladas nesse intervalo, segundo o comunicado.

2 – MPX assina acordos definitivos para parceria com E.ON. A MPX assinou os acordos definitivos para criação de uma joint venture com a E.ON, operação em que o grupo alemão de eletricidade vai investir cerca de 850 milhões de reais na empresa de energia do grupo EBX, do empresário Eike Batista.

3 – TAM vê crescimento menor do tráfego aéreo no mercado doméstico. A companhia aérea TAM (TAMM4) revisou suas estimativas para oferta de assentos no mercado doméstico para entre zero e queda de 2 por cento, ante estimativa anterior de estabilidade a avanço de 2 por cento. Já a demanda por voos no Brasil crescerá entre 7 e 9 por cento neste ano, segundo a TAM, que previa antes aumento de 8 a 11 por cento.

4 – Oferta de ações da Qualicorp movimenta R$ 758,5 mi. A ação da Qualicorp (QUAL3) saiu a 16,50 reais na oferta secundária subsequente (follow on), na primeira operação do tipo na bolsa brasileira em 2012. O giro financeiro total foi de 758,5 milhões de reais, segundo informações no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta terça-feira.

5 – Vendas da MRV caem no primeiro trimestre. A MRV Engenharia e Participações (MRVE3) registrou queda de 2 por cento, para R$ 815 milhões, nas vendas contratadas do primeiro trimestre ante igual período do ano passado, segundo resultados preliminares enviados ontem à Comissão de Valores Mobiliários. Os lançamentos no primeiro trimestre caíram 38 por cento ante o mesmo período de 2011, para R$ 644 milhões, segundo a prévia.


6 – Copom anuncia nova Selic hoje. O Comitê de Política Monetária do Banco Central deve reduzir a taxa básica de juros em 0,75 ponto percentual, para 9 por cento ao ano, segundo a mediana das expectativas de 68 economistas consultados pela Bloomberg. A decisão oficial será anunciada hoje à noite pelo BC.

7 – HSBC lança primeiros títulos em iuan em Londres. O HSBC Holdings revelou nesta quarta-feira que planeja emitir títulos em iuan em Londres, emissão inédita na cidade que seria um marco nos esforços londrinos para se tornar um centro de referência para negociações na moeda chinesa fora da China, ao lado de Hong Kong.

8 – Eurozona registra déficit em conta corrente em fevereiro. A zona do euro registrou déficit em sua conta corrente de 1,3 bilhão de euros em fevereiro, ante um superávit de 3,7 bilhões de euros em janeiro, em dados ajustados à sazonalidade, informou o Banco Central Europeu (BCE) nesta quarta-feira.

9 – Inadimplência de créditos bancários espanhóis em 8,15%. A taxa de inadimplência dos créditos bancários espanhóis, índice de sua vulnerabilidade, subiu novamente em fevereiro, situando-se em um nível recorde desde 1994, segundo números publicados nesta quarta-feira pelo Banco da Espanha. A inadimplência, principalmente de empréstimos imobiliários suscetíveis de não ser devolvidos, se situou nos 143,815 bilhões de euros em fevereiro, ou seja, uma taxa de 8,15%, contra os 7,91% de janeiro e 7,61% em dezembro.

10 – Temores com dívida espanhola caem e bolsas da Ásia têm alta. As bolsas de valores da Ásia subiram nesta quarta-feira, incentivadas por uma demanda firme na venda de dívida espanhola e resultados positivos de empresas dos Estados Unidos que impulsionaram a confiança dos investidores por ativos de risco.