10 notícias para lidar com os mercados nesta quarta-feira

China seguiu como maior mercado de IPOs no mundo em 2011; Romney vence caucus de Iowa por apenas 8 votos de diferença

São Paulo – Aqui está o que você precisa saber:

1 – China seguiu como maior mercado de IPOs no mundo em 2011. Empresas chinesas levantaram no ano passado US$ 45,5 bilhões de dólares por meio de ofertas públicas iniciais de ações. As companhias chinesas levantaram no ano passado 286,1 bilhões de iuanes (45,5 bilhões de dólares) por meio de IPOs em Xangai e Shenzhen, 41 por cento a menos do que em 2010, de acordo com a PricewaterhouseCoopers (PwC).

2 – Romney vence caucus de Iowa por apenas 8 votos de diferença. Político republicano venceu o ex-senador Rick Santorum com uma diferença pequena, com 30.015 votos, frente aos 30.007 de seu concorrente.

3 – Paraná Banco anuncia recompra de ações. Empresa aprovou a aquisição de 2,189 milhões de ações preferenciais em até 360 dias. O volume é equivalente a 10% dos papéis em circulação no mercado.

4 – IPC recua para 5,81% em 2011, ante 6,40% em 2010. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação da cidade de São Paulo, fechou o ano de 2011 com taxa de 5,81%, ante 6,40% em 2010 e 3,65% em 2009. O resultado apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) veio acima das estimativas coletadas pelo AE Projeções, que oscilavam de 5,50% a 5,73%, com mediana de 5,66%.

5 – Novo recorde absoluto de depósitos dos bancos no BCE. Os bancos da Eurozona depositaram 453,18 bilhões de dólares no Banco Central Europeu entre terça-feira e quarta-feira. Os bancos com excesso de liquidez preferem deixar o dinheiro no BCE, que oferece uma taxa de remuneração de apenas 0,25%, ao invés de emprestar a outros estabelecimentos financeiros.


6 – As corretoras que mais acertaram em 2011. Carteira recomendada pela Souza Barros acumulou ganho de 6,74% e foi a única que fechou o ano no positivo.

7 – Bolsa de Tóquio inicia o ano em elevação de 1,2%. Em seu primeiro pregão após os feriados de ano novo, a Bolsa de Tóquioapresentou fortes ganhos nesta quarta-feira. Os investidores desafiaram o impacto do fortalecimento do iene e compraram blue chips do setor industrial, tais como Japan Tobacco e Toyota Motor.

8 – Governo prevê menor importação de petróleo e derivados. A secretária de comércio exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Tatiana Prazeres, estimou hoje que, com mais investimentos em refinarias, o Brasil deve importar cada vez menos produtos da “conta petróleo”.

9 – Inflação na zona do euro desacelera em dezembro. Preços ao consumidor nos 17 países que compartilham o euro subiram 2,8% em dezembro na relação anual. O Banco Central Europeu cortou sua principal taxa de juro de volta para a mínima recorde de 1 por cento em dezembro, a fim de tentar estimular a economia enquanto as pressões da inflação diminuem.

10 – Kodak pode ser excluída da Bolsa de Nova York. Alguns especialistas especulam sobre a possibilidade de uma concordata. Empresa está há mais de 30 dias consecutivos com ações valendo menos de um dólar.