As lições de Fabian Salum

O professor da Fundação Dom Cabral conta que aspectos do negócio devem estar na cabeça do empreendedor quando ele planeja o futuro da empresa.

O professor Fabian Salum, da Fundação Dom Cabral, falou aos empresários que participam do EXAME Mentoria PMEsobre a importância de definir um planejamento de médio e longo prazos para evitar o declínio natural da empresa. O EXAME Mentoria PME é um programa de desenvolvimento para empreendedores, donos de empresas de pequeno e médio porte, organizado por EXAME em parceria com a Fundação Dom Cabral.

Salum demonstrou em sua apresentação que aspectos do negócio devem estar na cabeça do empreendedor quando ele planeja o futuro de sua empresa. Acesse a apresentação Estratégias de Crescimento:

palestra-estrategias-de-crescimento-ago_2016_-prof-fabian-salum.

Em média, afirmou Salum, citando pesquisas que acompanharam o ciclo de vida de organizações de sucesso, as empresas bem-sucedidas duram 30 anos. Segundo Salum, os líderes que miram apenas o curto prazo e falham em preparar a empresa para o futuro veem seu empreendimento desaparecer em menos de três décadas. “O desafio do empreendedor é definir uma estratégia sustentável de crescimento em um cenário complexo e incerto”, disse Salum. 

Como solução para este dilema do empreendedor, de gerenciar o curto prazo enquanto precisa planejar o futuro da organização, Salum expôs o caso da Emerson, uma das empresas bem-sucedidas que se mantém crescendo ao longo dos anos. Fundada em 1890, a multinacional americana que atua em segmentos diversos, teve de reinventar sua estrutura organizacional para crescer.

Anos atrás, a Emerson criou uma estrutura em que o presidente, o CEO (Chief Executive Officer, na sigla em inglês), fica liberado de administrar o dia a dia do negócio. Essa função é assumida pelo principal executivo da operação, o COO (Chief Operating Officer, na sigla em inglês). Assim, o presidente ganha uma papel mais estratégico, cuja principal função é pensar e planejar o futuro da organização. “Será que não é o caso de preparar o líder de operação, ou outro executivo de confiança, para tocar a empresa e se liberar para gerenciar a agende de crescimento da companhia?”, questionou Salum, dirigindo-se aos empreendedores.

Sobre o professor Fabian Salum
Fabian Salum é professor de gestão estratégica e inovação na Fundação Dom Cabral, onde é membro do Núcleo de Pesquisa em Inovação e Estratégia. É especialista em Gestão de Pequenas e Médias Empresas pela Universidade Federal de Lavras. Autor de livros e capítulos de livros nos temas de Inovação e Gestão Estratégica de Empresas.
O foco de seus estudos e publicações são:
– Estratégias competitivas;
– Estratégias de crescimento;
– Modelos de Negócios;
– Gestão da Inovação.
Contato: fabian@fdc.org.br