Um passo além: New Balance lança tênis com impressão em 3D

Fabricante norte-americana é a mais nova marca a aderir a tecnologia que promete personalização mais fácil e rápida

São Paulo – A corrida por mais conforto, melhor ajuste e rapidez de personalização tem levado grandes marcas de tênis esportivos a dar um passo além e investir em tecnologias de impressão 3D. A fabricante norte-americana New Balance é mais nova empresa a aderir à onda.

Nesta semana, a empresa apresentou sua nova plataforma para desenvolvimento de um solado especial que, por suas características materiais, é 10% mais leve do que outros modelos convencionais da marca, sem que isso afete o amortecimento do tênis.

O projeto, chamado de TripleCell, é fruto de uma parceria iniciada há dois anos com a empresa de tecnologia Formlabs, especialista em sistemas de impressão 3D com sede em Massachusetts, nos Estados Unidos.

A relação deu origem a uma nova resina patenteada de alto desempenho a base de fotopolímero chamada Rebound Resin. O material foi projetado para criar estruturas de treliça elásticas e resilientes que prometem mais durabilidade e longevidade ao solado.

A nova tecnologia faz sua estreia no mercado norte-americano com dois lançamentos diferentes: numa releitura do lendário modelo esportivo 990 (lançado na década de 1980), que chegou às lojas no dia 28 de junho; e no modelo FuelCell Echo, disponível a partir de15 de setembro. Os preços sugeridos variam de US$ 185 a US$ 175, respectivamente.

“A impressão 3D está mudando a maneira como as empresas abordam o ciclo de desenvolvimento dos calçados”, disse Dávid Lakatos, diretor de produto da Formlabs, em comunicado. A tecnologia acelera o tempo de produção de artigos personalizáveis para atender demandas específicas de consumo, sem necessidade de produção em larga escala. Também facilita a criação de protótipos, reduzindo o tempo de lançamento de novos modelos.

Em 2016, a Adidas deu seu primeiro passo nesse universo com uma versão limitada do modelo Futurecraft 4D, oferecida para alguns atletas vencedores nas Olimpíadas no Rio de Janeiro. Em 2018, a empresa lançou o modelo 3D Runner, em parceria com a startup de tecnologias de impressão 3D Carbon, cujo valor de mercado já ultrapassa US$ 2,5 bilhões. No mesmo ano, a Nike anunciou seu primeiro tênis com cabedal (parte de cima do tênis, que cobre o pé) fabricado através da tecnologia de impressão 3D, chamado de Flyprint.