Telefônica/Vivo investe R$ 120 mi em mudança de marca

A comunicação aos clientes já começou e a troca de marca será efetivada no dia 15 de abril

São Paulo – O grupo Telefônica/Vivo está investindo R$ 120 milhões na mudança de sua marca no Brasil, que passará a ser somente Vivo, tanto para serviços fixos quanto móveis, informa o diretor-executivo de marketing do grupo, Daniel Cardoso. O montante inclui gastos com publicidade e com treinamento de pessoal nas lojas e no call center.

A comunicação aos clientes já começou e a troca de marca será efetivada no dia 15 de abril, quando as 130 lojas próprias da Telefônica em São Paulo amanhecerão com a marca Vivo e passarão a vender tanto produtos fixos quanto móveis. Da mesma forma, as mais de 300 lojas próprias da Vivo em todo o Brasil passarão a comercializar serviços fixos (onde estiverem disponíveis) a partir da referida data.

O slogan publicitário da empresa, que hoje é “conexão como nenhuma outra”, será aperfeiçoado, segundo Cardoso. Entre as agências publicitárias que trabalham no projeto, a África é a responsável pela campanha nacional e a DPZ, pela comunicação especificamente em São Paulo, onde a empresa é a concessionária de telefonia fixa.

Análise

As consolidação de marcas em grupos que trabalham com telefonia fixa e móvel é uma tendência no mundo inteiro. No Brasil, começou pela Oi (antiga Telemar) e agora se expande para a Claro (com Embratel e Net juntas) e para a Vivo. Os nomes das operações móveis acabam prevalecendo porque são mais bem recebidos pelos consumidores do que as marcas fixas.