Teatro do Oscar deve mudar de nome

Companhia pretende rescindir o contrato de patrocínio do teatro de Hollywood que é palco todo ano da entrega do prêmio

São Paulo – A Kodak quer retirar seu nome de teatro que recebe o Oscar. Em processo de falência, a empresa pretende rescindir o contrato de patrocínio do teatro de Hollywood que é palco todo ano da entrega do prêmio.

Mais antiga empresa de películas fotográficas, a Kodak pediu autorização para rescindir o contrato assinado com o promotor imobiliário TrizecHan. A rescisão, segundo a direção do grupo, fará com que haja “uma substanciosa economia anual”. Inaugurado em 2001, o Teatro Kodak hospeda desde março de 2002 a cerimônia.

Uma audiência sobre a moratória da Eastman Kodak está prevista para 15 de fevereiro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.