Supermercado vende membros humanos de mentira congelados

Ação para o Dia das Bruxas pesou a mão no susto dos consumidores, e rede teve de pedir desculpas formalmente por "realismo excessivo"

São Paulo – Uma rede de supermercados norueguesa precisou se desculpar com seus clientes por causa do “realismo excessivo” de uma campanha criada para o Halloween, que aparentemente foi longe demais. 

Pedaços de mãos e cabeças humanas de borracha foram colocados na sessão de congelados e embalados em bandejas de isopor em unidades da rede Europris. A iniciativa pegou os consumidores de surpresa, e acabou exagerando nos sustos, relataram clientes ao jornal The Telegraph

Após as reclamações, o supermercado retirou os brinquedos das gôndolas e fez um pedido de desculpas formal. “Não queríamos chatear ninguém, especialmente crianças. Retiramos os falsos membros humanos imediatamente”, disse o comunicado. Os pacotes vinham até mesmo com a “informação nutricional” de cada parte do corpo.