Sim, marcas podem ter significado na vida das pessoas

Empresário Marcelo Tripoli lança primeiro livro no Brasil sobre o conceito de "meaningful markerting" - essencial para as marcas do século 21

São Paulo – Em um mundo mais competitivo, exigente e tomado por milhões de ofertas, produtos, comerciais e estímulos visuais simultâneos, fica cada vez mais difícil para as marcas chegarem de maneira eficaz às pessoas.

Mais: já não é mais tempo de marcas que apenas vendem algo para o consumidor, numa relação distante e pragmática.

Marcas precisam se ligar aos consumidores por meio de valores. Em resumo: precisam ter um significado real para eles.

É o que mostra Meaningful Marketing, o novo livro do empresário Marcelo Tripoli.

Com lançamento em São Paulo no próximo dia 23, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, o projeto se define como um novo “manual do marketing para o mundo atual”.

É o primeiro com a temática no Brasil.

Com trabalhos com marcas como Santander, Nestlé e Telefonica, Tripoli é vice-presidente para a América Latina da SapientNitro, multinacional do grupo Publicis.

Recentemente, ele foi eleito pela revista GQ um dos 15 brasileiros mais influentes da internet em 2015.

Entre os exemplos explorados por Tripoli no texto, estão os trabalhos recentes de sucesso de Itaú, Heineken e Magazine Luiza.

O livro mostra que as marcas não podem mais se preocupar apenas em construir uma imagem para elas e que é projetada aos consumidores.

Elas devem, sim, se preocupar em construir uma relação real e significativa com consumidores. Além disso, nada mais fica parado. Em um mundo volátil, é preciso repensar sempre ações, valores e estratégias.

Lançado pela editora Clube dos Autores, o livro será adotado nas aulas de cursos de graduação, pós-graduação e MBA de escolas como Faap, ESPM e Insper.