Seria o cabelo de Arthur Zanetti uma emboscada da Adidas?

Três listras bem curiosas apareceram no cabelo do atleta durante a competição, que é apoiado pela Adidas (que, por sua vez, não está na Olimpíada)

São Paulo – Medalha de ouro em Londres, medalha de prata no Rio

O ginasta brasileiro Arthur Zanetti, especialista nas argolas, conquistou mais uma vez o carinho do público. 

Mas um detalhe curioso, que passou despercebido nessa Olimpíada, reside em seu peculiar corte de cabelo. 

Na lateral da cabeça, três pequenos “cortes”, feitos propositalmente.

Nova tendência fashion? Ou haveria algo por trás?

Há quem pense que o detalhe do cabelo é, na verdade, uma referência à Adidas.

As três listras são marca registrada do famoso logo da Adidas.  

Detalhe: no cabelo do atleta, são três listras de tamanhos diferentes, criando uma escala. Assim como no logo. 

A marca tem Zanetti como seu “atleta embaixador” e já lançou uma campanha incrível com ele, no Pão de Açúcar. 

Em seu Facebook, postou um novo vídeo com o ginasta.

A Adidas, contudo, ficou de fora dos Jogos Olímpicos, já que não é uma patrocinadora ou apoiadora oficial.

Sua rival Nike, contudo, está lá, inclusive no uniforme dos atletas brasileiros. 

Se esses cortes forem uma referência à Adidas, configuraria um marketing de emboscada (quando a marca que não pode estar na Olimpíada tenta, mesmo assim, “aparecer”).

O Comitê Olímpico Internacional é bem rígido para impedir que marcas não-oficiais se aproveitem da Olimpíada. 

Até Michael Phelps se meteu em confusão.

A conspiração não para por aí. A cantora Anitta, que se apresentou na abertura dos Jogos, estaria sabendo desse curioso plano?

Em seu Instagram, uma semana atrás, ela desejou boa sorte à Zanetti e postou a hashtag #vejo3listras, que é uma referência à Adidas. 

De fato, dá para ver três listras. Well played, Adidas. 

PS.: Zanetti não foi o primeiro a fazer isso. O colombiano James Rodríguez, da seleção colombiana de futebol, já marcou os três traços no cabelo durante a Copa do Mundo de 2014.  

O logo da Adidas (Reprodução)