Seinfeld promete tornar Acura senhora de seu domínio

Comediante está em uma amistosa aliança com a Honda para injetar um pouco de diversão na Acura e dar-lhe um brilho mais alegre

Los Angeles – Qual é o lance dos comerciais de automóveis que mostram carros sendo dirigidos no deserto? Quem faz isso? Não a Acura, se Jerry Seinfeld tiver algo a dizer sobre isso.

Em sua maior parte os comerciais de carro se desviam completamente do consumidor; acho que eles precisam de uma reinicialização completa, disse Seinfeld em uma entrevista por telefone. É um apelo muito comercial e baseado no medo. Parem de nos mostrar carros sendo conduzidos pelo deserto.

Espere: Seinfeld está no modo Mad Men. Ele tem mais reflexões sobre publicidade.

O comediante, cujo programa a respeito de nada apresentou uma Sopa Nazista e blá, blá, blá, está em uma amistosa aliança com a Honda Motor Co. para injetar um pouco de diversão na Acura e dar-lhe um brilho mais alegre. A Acura é a única patrocinadora da série de internet de Seinfeld Comedians in Cars Getting Coffee, resultado de um vínculo formado com o chefe de marketing da Honda nos EUA, o vice-presidente sênior Mike Accavitti.

A ligação com Seinfeld é parte de uma estratégia de Accavitti para melhorar os laços emocionais com a marca Acura, que teve uma imagem sinuosa desde a sua estreia de 1986. Novos modelos e anúncios mais memoráveis são fundamentais para a meta da Honda, com sede em Tóquio, de rejuvenescer sua linha premium, eclipsada pelos concorrentes alemães e pela Lexus, da Toyota Motor Corp.

A série, exibida apenas online, se une a outros esforços baseados na internet para promover carros. A indústria automotiva também está respondendo à inclinação crescente dos consumidores de pesquisar potenciais aquisições online, disse Brad Adgate, vice-presidente sênior de pesquisa da Horizon Media, em Nova York.

Reequipagem da Acura

As vendas da Acura nos Estados Unidos encolheram 25 por cento desde o auge da marca em 2005, de 209.610 para 156.216 no ano passado. Embora as vendas tenham aumentado 4,4 por cento nos primeiros nove meses de 2013, os concorrentes tiveram ganhos ainda maiores. A Lexus cresceu 12 por cento, a BMW, da Bayerische Motoren Werke AG, subiu 14 por cento e a Mercedes-Benz, da Daimler AG, teve um ganho de 12 por cento. A Audi também está se aproximando da Acura nos EUA, perdendo por cerca de 6.000 unidades este ano, já que as vendas da unidade da Volkswagen AG aumentaram 14 por cento.


A Honda está reequipando a linha, lançando o novo sedã premium RLX neste ano para substituir o RL, de baixa venda, e reformular o sólido utilitário esportivo MDX, a estrela da marca desde seu lançamento, em 2000. Um substituto para o sedã esportivo TL está sendo elaborado e a Acura trará de volta o supercarro NSX em 2015 para dar prestígio à linha.

No primeiro comercial da Acura com Seinfeld, ele e seu colega colecionador de carros Jay Leno, o apresentador de Tonight Show, competiram para conseguir o primeiro NSX. O anúncio foi exibido durante o Super Bowl 2012, três anos antes do lançamento do carro, para as pessoas falarem sobre a Acura de novo, disse Accavitti em uma entrevista no mês passado.

Accavitti, nascido em Michigan, passou grande parte de sua carreira na Chrysler, chegou à Honda em 2011 quando a fabricante de carros com sede em Tóquio estava sofrendo com uma série de avaliações desfavoráveis de produto e parou a produção por causa de desastres naturais no Japão e na Tailândia. O comercial com Seinfeld no Super Bowl e um com o ator Matthew Broderick comportando-se como seu personagem em Ferris Bueller’s Day Off, ou Curtindo a vida adoidado, nome de lançamento no Brasil, de 1986, para promover o crossover CR-V, foram dois de seus primeiros projetos.

Estratégia de Accavitti

Do ponto de vista tradicional, um monte de empresas de automóveis ou marqueteiros perderia essa oportunidade porque ele tem outros carros no programa, disse Accavitti. Eu aprecio o antigo Porsche que ele quer mostrar ou o grande Rolls-Royce com o qual ele quer dar carona a alguém, o velho Fusca que ele usa para pegar o Larry David.

David, cocriador da comédia Seinfeld, foi destaque no primeiro episódio da série web. Em um jantar que remete àquele do programa de televisão, Seinfeld explica que o seu conceito para a série web é nada mais que os comediantes saindo para um passeio e conversando durante o café.

Você finalmente fez o show sobre nada, disse David.

//www.youtube.com/embed/s9aW8uFtgeI?feature=player_detailpage