Seguradora Prudential patrocina e reabre antigo Teatro Manchete, no Rio

Localizado no histórico Edifício Manchete, na Glória, o espaço foi projetado por Oscar Niemeyer e tem paisagismo assinado por Burle Marx, nos anos 1960

O antigo Teatro Manchete, patrimônio tombado da cidade do Rio de Janeiro, reabriu no último final de semana, após ter ficado fechado durante anos. O novo espaço cultural dos cariocas recebeu patrocínio milionário da seguradora Prudential para abrir as portas.

Localizado no histórico Edifício Manchete, na Glória, o espaço foi projetado por Oscar Niemeyer e tem paisagismo assinado por Burle Marx, nos anos 1960. O local foi batizado de Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch, uma homenagem ao fundador da Rede Manchete, que idealizou e construiu o espaço décadas atrás.

A Rede D’or São Luiz também tem uma parcela menor na cota de patrocínio do novo teatro do Rio. A reinauguração do espaço foi uma iniciativa dos patrocinadores com a empresa de espetáculos Aventura, dos sócios Aniela Jordan e Luiz Calainho.

A Aventura administra também o Teatro Riachuelo Rio e produziu diversos espetáculos famosos, como os musicais “Elis”, “Sambra” e “Chacrinha”. “Nos orgulhamos de resgatar patrimônios culturais tão emblemáticos para a história da arte e da cultura no Rio. Encontrar empresas com os valores alinhados aos nossos torna possível transformar sonhos em realidade”, disse Jordan.

Em princípio, a Prudential assinou um contrato de patrocínio de dois anos, que pode ser renovado por mais dois anos. O acordo prevê um desembolso de 3 milhões de reais por ano pela seguradora — parte dos recursos entram na regra da Lei Rouanet.

“Enquanto seguradora, nós buscamos fazer parte da vida das pessoas. E o seguro de vida nada mais é do que devolver para uma pessoa ou para uma família parte do seu patrimônio após uma adversidade. Então, estamos muito orgulhosos por devolver ao Rio de Janeiro um patrimônio tão importante”, disse Aura Rebelo, vice-presidente de Marketing e Digital da Prudential do Brasil.

Segundo Rebelo, a seguradora vai colher os frutos da investida no longo prazo, com o maior reconhecimento da marca, especialmente entre o público mais jovem, que frequenta este tipo de espaço.

A Prudential, que é uma das maiores seguradoras do mundo, tem se empenhado para tornar sua marca mais conhecida no Brasil. Ela será responsável, por exemplo, por segurar a vida das 700 mil pessoas que irão ao Rock in Rio neste ano — e deve ter um espaço dedicado à marca dentro da Cidade do Rock.

Teatro Prudential - Sala Adolpho Bloch Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch

Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch (Prudential/Divulgação)

Reabertura do teatro

O Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch fez sua primeira sessão aberta ao público no último dia 24 de maio, com a peça PI – Panorâmica Insana, que é feita pelos atores Claudia Abreu, Luiz Henrique Nogueira, Leandra Leal e Rodrigo Pandolfo. Baseada em pessoas e fatos reais, a peça coloca uma lente de aumento sobre a sociedade, e os atores interpretam diversas personagens.

São abordados temas como civilização, sexualidade, política, violência, miséria, gênero e desejo. Os textos foram organizados por Júlia Spadaccini, Jô Bilac e André Sant’Anna — com inserções de escritos de Franz Kafka e Paul Auster.

“A peça foi idealizada no Rio anos atrás, mas a gente só conseguiu se apresentar fora da cidade. Agora, é ótimo vir para cá com a PI e ainda reinaugurando um teatro tão especial”, disse a atriz Leandra Leal. “Temos que parabenizar empresas como a Prudential, que apoiam a cultura especialmente em momentos tão difíceis como o que estamos vivendo [fazendo referência às mudanças na Lei Rouanet promovidas pelo governo de Jair Bolsonaro]”.

O Tetro Prudential – Sala Adolpho Bloch tem 359 lugares e um palco de 140 metros quadrados equipado para receber todo tipo de espetáculo. O fundo do palco é móvel e pode ser aberto para um espaço charmoso, onde está um chafariz e o paisagismo de Burle Marx.

O espaço dispõe ainda de um centro de convivência e ensaios, criado para receber várias produções ao mesmo tempo. Além disso, o teatro possui um bistrô, o Bota Café. A programação será bem diversa — após o espetáculo PI, passarão pelo espaço o show “Boleros”, com Mario Gomes, e a peça “Piaf e Brecht, a vida em Vermelho”, com Letícia Sabatella e Fernando Alves Pinto, entre outros.

Teatro Prudential - Sala Adolpho Bloch Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch

Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch (Prudential/Divulgação)

Teatro Prudential - Sala Adolpho Bloch Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch

Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch (Prudential/Divulgação)