Rede do Canadá é criticada por prometer café grátis a Harry e Meghan

Príncipe Harry e esposa abriram mão de deveres reais e devem dividir os dias entre o Reino Unido e a América do Norte

São Paulo — Um “café grátis para o resto da vida” para Harry e Meghan caso se mudem para o Canadá após terem anunciado a renúncia aos deveres reais. A oferta de Tim Hortons, uma famosa rede de restaurantes canadenses, para o casal real britânico, lhe custou um enorme volume de críticas.

A rede de cafeterias publicou uma mensagem na noite de quarta-feira que rapidamente viralizou. “Não há pressão, Meghan e Harry, mas se decidirem se mudar para o Canadá, o café será grátis para o resto da vida. Pensem nisso”, dizia a mensagem do Tim Hortons.

O príncipe Harry e sua esposa Meghan acabam de anunciar sua decisão de se afastar da monarquia se estabelecer parte do ano na América do Norte, sem especificar em qual país.

Veja também

A proposta não foi bem recepcionada nas redes sociais, onde muitos usuários usaram a mensagem para denunciar suas práticas em relação ao funcionários.

“Eles têm os meios para comprar a companhia. Seus funcionários não conseguem pagar aluguel. Dá pra entender o problema deste tuíte?”, questionou um usuário.

Outro usuários lembraram que uma loja em Winnipeg, no Canadá, tinha despedido seus funcionários em vez de dar um aumento salarial de sete centavos de dólar por hora que eles pediam.

“A Tim Hortons pode permitir um café grátis para a realeza, mas um aumento de 10 centavos para os funcionários é demais?”, questionou outro.