Quanto vale um anúncio no Oscar

Segundo a publicação Adweek, o comercial de 30 segundos nos intervalos custa aos anunciantes, em média, nesta que é a 84ª edição, um total de até 1,7 milhão de dólares

São Paulo – Como a maioria deve saber, não é apenas o Super Bowl o único fenômeno de audiência e receita publicitária da TV norte-americana. O Oscar, maior premiação do cinema mundial é muitas vezes referido pelo mercado como o Super Bowl para as mulheres. Para se ter uma ideia da dimensão do impacto que o evento provoca no mercado basta revelar os principais números.

Segundo a publicação Adweek, o comercial de 30 segundos nos intervalos custa aos anunciantes, em média, nesta que é a 84ª edição, um total de até 1,7 milhão de dólares. Já audiência do ano passado bateu na porta dos 39,3 milhões de espectadores.

Além de toda essa exposição, o Oscar é especialmente atrativo para as marcas por envolver uma série de celebridades num espetáculo que dura cerca de três horas e meia. De acordo com a Nielsen a audiência é composta por 62% de mulheres e a média de idade geral está na faixa entre 18 e 49 anos. Neste ano, o Oscar será transmitido pela ABC no dia 24 de fevereiro.

Com três semanas para o evento, a emissora já vendeu absolutamente todas as cotas para anúncio, patrocínios e inserções de marca. Grandes partes dos anúncios já haviam sido fechados antes mesmo do Natal de 2012. Nesta edição, o Oscar contará com performances de Barbra Streisand, Adele e Norah Jones. O filme “Lincoln” é o grande favorito tendo somado 12 indicações.

Nesta edição, pelo quarto ano consecutivo, a Hyundai será a anunciante exclusiva dos prêmios da Academia. “Nós amamos o Oscar”, disse Steve Shannon, vice-presidente de marketing da Hyundai Motor America. A empresa sul-coreana aproveitou a chance de dominar o evento em 2010, quando o anunciante do ano anterior, a General Motors desistiu do patrocínio por conta de problemas financeiros.

Confira a chamada oficial para o Oscar:

Com informações do Adweek