Público escolhe a realidade que quer ver em Blind Eye

Campanha da Women's Aid nos cinemas usa tecnologia 3D para que os espectadores decidam se querem ou não enxergar o abuso doméstico

São Paulo – A Women’s Aid lançou no começo da semana um novo filme para conscientizar as pessoas sobre a violência doméstica na Grã-Bretanha. Com criação da WCRS e produção do estúdio MPC Creative, Blind Eye usa a tecnologia 3D para permitir que os próprios espectadores escolham o que querem ver em tempo real, abrindo um olho e fechando o outro.

O filme está sendo exibido em alguns cinemas e ao longo de 65 segundos mostra dois cenários simultâneos. O primeiro mostra uma mulher preparando o jantar normalmente, enquanto a segunda inclui um marido abusivo no cenário.

No site da WCRS, a vice-presidente da Women’s Aid, Marai Larasi, compara a tecnologia usada para este filme à realidade de muitas pessoas. “O público terá a oportunidade de ignorar o abuso e fingir que ele não acontece, ou eles podem escolher enxergar a realidade de quem convive com a violência doméstica”.

Junto com a campanha também foi lançado um microsite.

Blind Eye from Women’s Aid on Vimeo.

Abaixo, um making of the Blind Eye:

Blind Eye – Making Of from Women’s Aid on Vimeo.