Pinterest gera mais tráfego que Google+, YouTube e LinkedIn juntos, diz estudo

Rede de compartilhamento de imagens e links teve audiência multiplicada por quatro entre setembro e dezembro de 2011

São Paulo – O Pinterest, site lançado em março de 2010 que permite coletar e compartilhar imagens e links interessantes, é o novo queridinho dos usuários de internet.

A rede social teve a audiência multiplicada por quatro entre setembro e dezembro de 2011, recebendo mais de 7 milhões de visitantes únicos só no mês de dezembro, de acordo com dados da Experian Hitwise.

Agora, um estudo divulgado pelo Shareaholic, serviço de compartilhamento de links, mostrou que o serviço já gera uma porcentagem de tráfego para sites de varejistas maior do que YouTube, Google+ e LinkedIn juntos.

Segundo o Shareaholic, o Pinterest gerou 2,5% de tráfego para outros sites em dezembro, e aumentou essa porcentagem para 3,6% em janeiro, ficando atrás de Facebook, StumbleUpon, Google (buscas) e Twitter.

No mesmo período, YouTube, Google+ e LinkedIn mantiveram pequenas variações para mais ou para menos, ficando abaixo da rede de compartilhamento na mensuração de janeiro. Se somados os resultados das três, inclusive, ainda assim, Pinterest sai na frente.

Outro ponto que merece destaque é a grande aproximação entre Twitter e Pinterest em janeiro. Os sites praticamente empatam na porcentagem de tráfego que geram.

O Pinterest, bastante voltado para a experiência visual, permite que sejam criados espécies de quadros de avisos, separados por categorias como “Food & drink”, “Photography”, “Home decor” e outros. Cada publicação pode ser compartilhada – “repin” – ou curtida.

O site tem sido cada vez mais aproveitado por marcas relacionadas a moda (roupas, calçados e acessórios), decoração e culinária.

Veja os números divulgados pelo Shareaholic

Fonte Encaminhamento de tráfego em dezembro de 2011 (%) Encaminhamento de tráfego em janeiro de 2012 (%)
 Facebook 25,6% 26,4%
 StumbleUpon  6,5% 5,07%
 Google 3,69% 3,62%
 Twitter 3,62% 3,61%
 Pinterest 2,5% 3,6%
 YouTube 0,98% 1,05%
 Google+ 0,24% 0,22%
 LinkedIn 0,18% 0,20%