Pesquisa mostra quatro tipos de consumidores do e-commerce

Estudo aponta abertura dos usuários em informar dados bancários e rejeição quando o assunto é política, religião, etnia

Rio de Janeiro – Uma pesquisa realizada pela Pitney Bowes nos Estados Unidos, França, Alemanha e Reino Unido definiu quatro tipos de consumidores do e-commerce a partir dos dados que compartilham ou não na rede.

O tipo íntimo foi o de maior percentual de rejeição de compartilhamento na internet: 76% não informam convicção política, 71% não estão dispostos a compartilhar a religião, 54% não falam a etnia e 45% não dizem a preferência sexual.

A segurança aparece como o segundo tipo verificado pelo estudo com os maiores índices, porém com grande nível de aceitação. Dos entrevistados, 40% estão dispostos a compartilhar número do cartão de crédito, 38% divulgam o número do celular e 36% respondem sobre o rendimento.

No tipo físico, os percentuais de rejeição são baixos, porém 24% não informam o peso, 23% não dizem o número de telefone residencial e 22% não compartilham sua altura. Os entrevistados do tipo transacional também não veem problema em dizer data de nascimento, com apenas 10% de rejeição, endereço postal, com 13%, e-mail, com 14%, e dados bancários, com 22%.

De acordo com o relatório da pesquisa, produzido pela Forrester Research Inc., embora se preocupem com a coleta e utilização dos dados online, os consumidores continuarão fornecendo-os e realizando tarefas na rede se perceberem algum benefício.