Para 80% dos pais educação dos filhos é prioridade nas despesas, diz pesquisa

Entre os domicílios brasileiros, 35% dos homens são pais ou responsáveis diretos por algum morador

Rio de Janeiro – Entre os homens brasileiros, 35% são pais/tutores ou responsáveis diretos por algum morador do domicílio. É o que indica uma pesquisa realizada pelo Ibope Media com 20.736 pessoas nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Brasília e cidades interiores das regiões Sul e Sudeste.

De acordo com o levantamento, nas capitais de Recife e Curitiba está o maior número dos pais brasileiros (38%). Por outro lado, Salvador é a metrópole que apresenta o menor índice, 29% são pais.

Em relação aos hábitos e saúde dos homens que têm filhos, a estudo aponta que 39% praticam alguma atividade física e que 64% só procuram um médico quando estão realmente doentes. Apenas 27% declararam que seriam capazes de fazer uma cirurgia para melhorar a aparência.

Sobre hábitos de consumo, 59% dos entrevistados afirmam ter realizado compras pessoais nos últimos 30 dias. Desse percentual, somente 22% das aquisições foram feitas pela internet.

A maioria dos pais prefere fazer compras em lojas de rua (78%) e shoppings (63%), sendo que, dos produtos, 65% eram roupas masculinas, 60% calçados e 52% roupas femininas. Ainda em relação ao consumo, 78% procuram ofertas e descontos e para adquirir um bem mais caro, 66% planejam anteriormente. 

Para 80% dos pais, a educação dos filhos é a prioridade nas despesas e 60% garantem que criam as crianças para o mundo. Em relação aos gastos, somente 37% dizem que as crianças influenciam nas compras de casa e 59% admitem que é difícil dizer não aos filhos.