Amazon dá nova resposta a Doria e encerra batalha com prefeito

A nova ação da Amazon é uma alternativa à provocação do prefeito sobre como colaborar "efetivamente" com a cidade

São Paulo – A “batalha” entre a Amazon e o prefeito de São Paulo, João Doria, ganhou agora um possível final.

Depois de aproveitar a polêmica dos muros cinzas da cidade para divulgar o seu leitor digital Kindle  e de receber como resposta uma provocação do próprio prefeito , a Amazon revidou com uma ação que vai agradar amantes da leitura.

Por meio de um vídeo divulgado ontem em sua página oficial no Facebook, a marca anunciou a disponibilização gratuita de livros digitais de seu acervo. A resposta é uma alternativa à sugestão de Doria, que convocou a Amazon a doar livros e computadores a instituições públicas da cidade.

Ao todo foram disponibilizados 36 títulos, que variam de ficções científicas a literatura brasileira. O download é limitado a um livro por cadastro e os arquivos poderão ser lidos pelo Kindle ou por smartphones.

Na descrição do vídeo, a marca também prometeu doar centenas de dispositivos Kindle a instituições que promovam cultura e educação. Os detalhes dessa ação, no entanto, ainda não foram divulgados.