NYT oferece leitura gratuita no Starbucks

Clientes dos Estados Unidos da rede de cafeterias têm acesso a 15 matérias por dia, com algumas restrições

Desde que o New York Times corrigiu uma falha no seu sistema de assinatura digital (que permitia que não-assinantes lessem mais do que o limite de 10 matérias por mês, ao cortarem parte da URL do site), os leitores têm procurado novas formas de acessar o conteúdo.

Contudo, agora existe uma forma legal de ler artigos do jornal: indo a um Starbucks. O The Times anunciou nesta quarta (27) que clientes Starbucks dos Estados Unidos têm acesso livre a 15 matérias por dia ao usar o Wi-Fi da rede de cafeterias. 

Entretanto, existem algumas restrições. A primeira delas é que os usuários poderão ler somente três reportagens em cada seção (Últimas Notícias, Negócios, Tecnologia, Mais Compartilhadas por e-mail e também as rotativas).

No final de 2010, a rede Starbucks instalou sua rede digital e firmou parcerias com diversas empresas de comunicação, incluindo o The Wall Street Journal e a The Economist.

As informações são do Mashable.