Nubank provoca a concorrência com ursinhos de pelúcia

Fintech ironiza bancos que cobram valores altos de transferências eletrônicas

São Paulo – Para destacar um de seus principais diferenciais, as transferências de dinheiros gratuitas, a brasileira Nubank, maior fintech da América Latina, lança nesta segunda-feira uma campanha provocando os bancos concorrentes que não abrem mão da cobrança da tarifa de TED.

Com tom bem-humorado, a ação traz um vídeo que anuncia o Ted Lover, urso de pelúcia que será vendido a partir desta terça-feira exclusivamente no café localizado no andar térreo da sede da empresa, em São Paulo (Rua Capote Valente, 39, Pinheiros). O valor do brinquedo foi fixado em R$ 19,05, um dos valores mais altos de transferências no Brasil.

De acordo com a empresa, a ausência de cobrança de TEDs e outras tarifas bancárias propiciou aos cerca de 12 milhões de clientes do banco uma economia de R$ 2,3 bilhões ao longo de 2019. O valor foi calculado com base no custo médio de tarifas para abertura de conta, taxas de manutenção e transferências internas e entre bancos.

A propaganda será veiculada nas redes sociais e no blog da fintech e também no hotsite reinventeseuted.com.br. As vendas acontecem apenas em dias úteis e as quantidades do ursinho são limitadas.