Novo mascote do McDonald’s vira piada na internet

Visual do mascote Happy desagradou consumidores e desencadeou enxurrada de críticas na internet

São Paulo – Na segunda-feira o McDonald’s apresentou ao mundo, com um post no Twitter, seu novo mascote, a caixa de papelão Happy, claramente inspirada no McLanche Feliz.

Happy já havia aparecido em campanhas e vídeos anteriormente e, com o tuíte na rede social, foi promovido ao cargo.

O que a empresa não esperava é que o terreno escolhido para a estreia do personagem, a web, iria rapidamente reunir-se em reações negativas e de repúdio ao desenho, cujo visual desagradou – e muito – os usuários.

A criatura, cuja missão era promover refeições mais saudáveis para as crianças, conseguiu até o momento apenas estrelar piadas e memes sobre sua aparência. Alguns usuários afirmam que Happy é “comida para pesadelos” e se dizem assustados com o desenho, seus olhos esbugalhados, sorriso exagerado e trejeitos humanos.

No post no qual Happpy foi introduzido no Facebook, fãs chamaram o desenho de “apavorante” nos comentários, e o conteúdo foi apagado pela empresa. Nas manchetes da mídia americana, ele foi chamado de “absolutamente aterrorizante”, como em matéria veiculada na revista TIME. Já o Guardian compara o personagem a um monstro corporativo

Em comunicado, a empresa afirmou que o mascote pretende ajudar as crianças a fazer escolhas mais saudáveis nos fast-foods, incluíndo refeições com baixo teor de gordura, como iogurtes, que passarão a ser incluídos no McLanche Feliz. 

A ideia é que Happy incentive as crianças a comer mais frutas e vegetais e ignorar refrigerante em favor do leite, suco ou água, disse a empresa. Pelo menos com os adultos, por enquanto, parece que o personagem não conseguirá ser tão persuasivo.