Novo letreiro na entrada da DM9DDB capta água da chuva

Em meio à crise hídrica, agência publicitária cria maneiras bastante criativas para a captação, a reutilização e a economia da água da chuva

São Paulo – O brainstorming realizado pela DM9DDB, no mês passado, para discutir a crise hídrica de São Paulo, parece realmente ter dado alguns frutos. Depois de toda a repercussão do “Hackathon – Chuva de Ideias”, que inclusive rendeu para a agência uma reportagem no Fantástico (reveja aqui), uma das ideias foi colocada em prática nesta sexta-feira (13).

O edifício da empresa teve o seu logo da entrada modificado. O letreiro agora utiliza um recurso para captar e reutilizar a água da chuva. O dia é propício, já que o mau tempo apareceu na capital paulista. A agência divulgou a iniciativa em sua fanpage.

Em sua abertura, a estrutura possui 3 telas de proteção entrelaçadas para evitar a passagem de qualquer tipo de inseto, inclusive o mosquito da dengue.

A água captada será reutilizada de muitas maneiras: regar as plantas internas do prédio, o jardim em frente ao próprio letreiro e as árvores que compõem o jardim no fundo da agência. Outro uso será para a faxina de chão, da calçada e da garagem para deixar tudo limpo e de forma consciente.

Relembre algumas ideias sobre o tema que foram premiadas no evento do mês passado:

Shower Track

Músicas com letras instrutivas, velocidade gradual e tempo de duração curto, para colocar para tocar no banheiro e ajudar a tomar banhos mais rápidos. Quando a música acabar, é hora de sair do chuveiro.

Coletor de Janela

A ideia é criar uma rede de coleta de água da chuva para janelas de apartamentos, de baixo custo e pouco trabalho. Sugestão para viabilização com clientes, para padronizar a instalação e as cores.

Hipster Seco

O bom humor foi o impulso para a campanha. A ideia é incentivar os homens a não fazerem a barba, por um tempo determinado. Com isso, menos água será gasta diariamente e todos ganharão um look hipster engajado.